Opinião: Susto, nervosismo e golaço – Cesar Vallejo 1×1 São Paulo

Rubens Chiri / saopaulofc.net

Caro torcedor Tricolor, começou! A Copa libertadores nunca foi fácil, nem nos seus pormenores. O São Paulo iniciou sua caminhada na “La Copa” jogando muito bem, impondo seu ritmo fora de seus domínios e com um ótimo volume de jogo, com um Ganso excelente e o “teste para cardíaco, amigo!”.

LEIA MAIS:
Após boas atuações, Bauza elogia Ganso: “Quando aparece seu talento, a equipe faz os gols”

Bem postado e conseguindo imprimir o seu estilo de jogo, o São Paulo assustou os peruanos logo no começo, conseguindo boas jogadas pelos lados do campo, onde uma culminou em gol, não assinalado pelo bandeira, e outra em bola na trave de Ganso. Mas num tiro de rara felicidade, Hohberg, fez com que o nervosismo tomasse conta do time e da torcida.

O time criava, a bola rodava mas não entrava e, já na segunda etapa, Calleri (o iluminado) entrou e empatou o jogo num golaço! O Tricolor voltou a se impor e criou diversas chances desperdiçadas (e isso terá de ser corrigido para as próximas partidas). Ficou o gosto do “poderia ter sido mais”, mas com o gol fora, não é o pior dos resultados.

Muitas das chances criadas pelo São Paulo passaram por Ganso, que fez grande partida: roubado bola e ditando o ritmo, que permaneça assim – Hudson, protegendo a zaga e cobrindo a subida dos laterais, também foi bem novamente; dois jogadores que exercem muito bem as funções dadas. Ponto negativo ficou para Centurion, inócuo, pouco ajudou na defesa e/ou no ataque, com Calleri ou Rogério à disposição, não o colocaria de titular. 

Se não foi a goleada que muitos sonharam, foi uma boa peleja do Tricolor (e vendo a filosofia implantada por Bauza, com as peças certas, esse time pode vingar), agora já sabemos o que esperar do Cesar Vallejo para o jogo de volta. A preocupação tem de ser evitar sofrer gols e não desperdiçar nenhuma chance criada, golear para passar com moral, mas será necessária muita prudência.

São Paulo e Cesar Vallejo voltarão a se enfrentar na próxima quarta, dia 10, no estádio do Pacaembu, às 21h45, enquanto isso, no sábado terá Paulistão, frente o Água Santa, às 17h, no Paulo Machado de Carvalho.

Crédito da foto: Divulgação/Rubens Chiri /saopaulofc.net



Jornalista. "Foi difícil chegar onde cheguei, mas ainda não cheguei a lugar nenhum" - Lucas Silva, Flamengo