Opinião: Zíka não será problema para Olimpíadas

Crédito da foto: Divulgação/COI

Depois do dia “D”, no último sábado, dia 13 de fevereiro, quando a presidente Dilma Rousseff disse em entrevista no Rio de Janeiro que as Olimpíadas 2016 não correrá riscos por causa do zika vírus. O Ministro da Saúde, Marcelo Castro, também fez coro ao dizer que a doença não afetará as Olimpíadas, e ainda que em agosto, a proliferação do mosquito é sempre menor do que no inicio do ano.

LEIA MAIS:
Especial Rio 2016: O início – A escolha pela cidade maravilhosa

No último dia 19 de fevereiro, foi a vez de vários ministros, como Aluízio Mercadante (Educação) e Marcelo Castro (Saúde), profissionais da educação e alunos das escolas públicas e privadas em todo Brasil, entrarem no mutirão de combate ao mosquito que transmite o zika vírus, dengue e chikungunya: o Aedes aegypti.

A presidente Dilma também está engajada na campanha contra o mosquito Aedes. A presidente visitou uma escola na Bahia e deu aulas de combate contra o transmissor do zika vírus para crianças. Muitos países se mostraram preocupados com a epidemia no Brasil, principalmente mulheres grávidas que poderão vir para as Olimpíadas. No entanto, o Itamaraty informou que a recomendação para  os turistas é a mesma para os brasileiros, evitar locais de alta infestação do mosquito Aedes.

O problema que o país enfrenta é a falta de saneamento básico, principal causa para o aumento de doenças. Segundo o próprio governo, não será possível cumprir a meta de saneamento básico até 2033 e levar rede de esgoto a 90% da população. Hoje , menos da metade das casas tem tratamento de esgoto e a maioria de nossos atletas vem da periferia das grandes cidades, ou do interior. Portanto, essa é uma guerra contra o mosquito e também por uma melhoria nas condições de vida do nosso povo, que praticam esportes olímpicos diários para vencer o mosquito.

Opinião:

Não tenho dúvidas de que as Olimpíadas será um evento inesquecível, mas ainda há muito que ser feito pelas autoridades para que tenhamos controle sobre a infestação que nos atinge. Viva o esporte olímpico e a celebração de povos de diferentes nações.



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!