Presidente do Cruzeiro revela que contratação de Romero foi um pedido da torcida

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

O Cruzeiro apresentou oficialmente na manhã desta sexta-feira o meia argentino Lucas Romero, 21 anos, contratado do Vélez Sarsfield. E o jogador, que admitiu se espelhar no futebol de Javier Mascherano, foi um pedido da própria torcida, que insistiu – através de e-mails – para que a diretoria celeste não desistisse da negociação.

LEIA MAIS: Cruzeiro evita pular etapas na recuperação de Dedé

“É uma contratação que foi feita pelo sócio-torcedor do Cruzeiro. Ele mandou e-mails e cobrou da diretoria a vinda do Lucas Romero. Para atender ao sócio, nós tivemos que partir para mais uma contratação. É um jogador que se destacou bastante pelo que produziu e deixou o nome gravado na memória do torcedor do Cruzeiro, que cobrou da diretoria e nós não pudemos deixar de atendê-los. É aquilo que nós dissemos desde o princípio: fazemos o elenco para atender o sócio do futebol. É a razão de ser do clube. É a maior torcida de Minas, é o time do povo, enfim”, disse Gilvan Pinho de Tavares, presidente da Raposa.

“A gente viu que a torcida colaborou com o sócio e nos cobrou um jogador feito o Lucas Romero. Não podia deixar de atendê-la. A gente espera que ele colabore com o Cruzeiro na busca por conquistas neste ano de 2016”, completou o mandatário.

Em sua apresentação, Romero explicou porque escolheu o Cruzeiro. “O Cruzeiro tem uma grande história, ganhou muita coisa. Me interessou muito vir para o Cruzeiro. Estou muito bem aqui, o elenco é muito afetivo. Espero ir bem aqui no Brasil, tenho que me adaptar. Fazer um bom papel na equipe, poder ser positivo.”

Romero assinou até 2021 com o clube. Esse será o primeiro time dele além do Vélez, pelo qual foi revelado.

Foto:  Washington Alves/Light Press/Cruzeiro