Réver celebra 11° título da carreira e elogia sistema defensivo do Inter

Crédito da foto: Divulgação/Alexandre Lops/Inter.

Ano novo, vida nova. Depois de um 2015 apagado, com atuações irregulares e lesões, o zagueiro Rever tem tido a tão desejada sequência no início da nova temporada. Titular do Inter com a lesão de Ernando, o ex-defensor do Galo tem atuado ao lado de Paulão nos primeiros jogos de 2016. E o retrospecto tem sido positivo: nos últimos três jogos, nenhum gol sofrido.

“Claro que o mais importante é sempre vencer, mas nós ali de atrás sempre ficamos felizes quando não tomamos gols. Foi assim contra o Fluminense (Florida Cup), Coritiba (Primeira Liga) e São José (Gauchão). Quanto mais jogos ficarmos assim, melhor. Isso é fruto do nosso trabalho e da comissão técnica”, disse o zagueiro.

Com a conquista da Recopa Gaúcha obtida na última quarta-feira diante do São José, Réver chegou ao 11° título na carreira. Em 2013, certamente o maior deles: venceu, como capitão, a Libertadores da América jogando pelo Atlético-MG. No Inter desde janeiro de 2015, o defensor soma 36 partidas, sendo quatro somente neste ano.

“É sempre importante conquistar títulos e cada um é especial. Desde o primeiro, lá em 2005, até este último. Dá praticamente um por ano. Esperamos que seja o início de outros títulos em 2016”, finalizou Réver.

Crédito da foto: Divulgação/Alexandre Lops/Inter.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.