Saiba como um atleta do UFC perdeu 40kg em dois meses para lutar

PANTEGO, TX - OCTOBER 28: Mixed martial arts fighter Johny Hendricks looks on after a workout at Velociti Fitness on October 28, 2013 in Pantego, Texas. (Photo by Sarah Glenn/Getty Images)

Muitos lutadores de MMA têm a balança como um dos piores adversários em toda a carreira. E o americano Johny Hendricks sabe muito bem disso. Ex-campeão da categoria dos meio-médios (77kg) do UFC, ele teve de perder quase 40kg em apenas dois meses para poder disputar a luta principal do UFC Fight Night 82, neste sábado (6), contra o também norte-americano Stephen Thompson.

LEIA MAIS:
Lutador de MMA morre antes da luta ao tentar baixar seu peso
Lutador fica nu para bater peso em UFC na Coreia

 

 

É a primeira luta de “Bigg Rigg” desde que ele, literalmente, passou mal durante o processo de corte de peso. Dias antes do embate contra Tyron Woodley, marcado para o UFC 192, em outubro do ano passado, Hendricks sofreu um bloqueio no intestino, que resultou em uma pedra no rim, enquanto tentava chegar aos 77kg exigidos pela divisão dos meio-médios. Em “off”, termo usado por lutadores para falar do peso quando estão fora do período de competição, o americano passa dos 110kg.

Surgery this morning and headed home on some great pain meds

Publicado por Johny Hendricks em Segunda, 24 de março de 2014

O segredo do lutador foi simples: controlar a quantidade de comida. Apenas isso, segundo ele, fez com que ele saísse dos 113kg para os atuais 77kg.

“Pouca coisa mudou em termos de alimentação. O nutricionista foca mais no controle alimentar. Eu como carboidratos e até gordura, mas controladamente”, contou o americano ao “UOL”.

Após a tentativa mal sucedida de “bater” o peso para o UFC 192, Hendricks contratou o nutricionista Louis Giordano. Ele estava sem um especialista no assunto desde dezembro de 2014, quando rompeu com Mike Dolce. E isso fez a diferença.

“Falhar em bater o peso é sempre ruim para qualquer um, mas tudo acontece por um motivo, e agora tenho Louis para me orientar. Isso é muito bom para mim”, disse.

Aos 32 anos, Hendricks está no UFC desde 2009. Ao todo, o lutador tem 17 vitórias no cartel e três derrotas. Um triunfo sobre Thompson pode colocá-lo novamente no caminho do campeão Robbie Lawler, de quem perdeu o cinturão em dezembro de 2014.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.