Chefão do UFC diz que McGregor não tem como vencer brasileiro

Dana+White+UFC+181+Hendricks+v+Lawler+Rz9Y1Zo_iULl
Getty Images

O irlandês Conor McGregor se tornou o lutador “queridinho” do UFC por conta de seu desempenho no octógono e sua postura “marqueteira” fora da área de lutas. Mas nem isso foi suficiente para convencer o presidente da organização, Dana White, de que o europeu pode vencer o brasileiro Rafael dos Anjos. Os dois se enfrentam na luta principal do UFC 196, dia 5 de março, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

LEIA MAIS:
Dana diz que retorno de Ronda deve ser em novembro, e ela pode ter a revanche contra Holly
Saiba como um atleta do UFC perdeu 40kg em dois meses para lutar
Anderson Silva afirma que quer fazer quatro lutas neste ano
Chefão do UFC descarta revanche entre Aldo e McGregor
UFC muda numeração de evento de Dos Anjos x McGregor
De falastrão a queridinho. Veja o que o mundo das lutas pensa sobre McGregor

“Não vejo como McGregor pode ganhar essa luta. Ele está subindo para os pesos leves para enfrentar um animal que destruiu Cowbou Cerrone, destruiu Anthony Pettis, e indo não é como boxe, onde você sobe 1kg, 1,5kg. Você sobe mais do que isso”, afirmou o chefão do UFC em ao site “At the Buzzer”.

McGregor e dos Anjos lutarão pelo título da categoria dos pesos leves (70kg). Atualmente, o cinturão está sob o domínio do brasileiro. McGregor, por sua vez, é o campeão da categoria de baixo, a dos penas (66kg). Caso derrote Rafael dos Anjos, o irlandês pode se tornar o primeiro atleta do UFC a deter dois cinturões ao mesmo tempo.

McGregor entrou recentemente no hall de campeões do UFC. Ele, que era o campeão interino dos penas (cinturão conquistado em julho do ano passado após vitória por nocaute sobre o americano Chad Mendes) nocauteou o brasileiro José Aldo em apenas 13 segundos, no UFC 194, em dezembro do passado, para unificar os títulos.

Rafael dos Anjos, por sua vez, é o dono da coroa do peso leve desde março do ano passado, quando venceu o americano Anthony Pettis por decisão unânime. Ele nocauteou o americano Donald Cerrone em dezembro do ano passado em sua primeira defesa de cinturão.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.