Super Bowl 50: Saiba quanto custam os comerciais de TV; assista alguns deles

Crédito da foto: Reprodução/site oficial da NFL

Neste domingo (7) o esporte mundial terá mais um espetáculo imperdível. Trata-se do Super Bowl 50, final do Futebol Americano, a NFL. Saiba quanto custa para anunciar na TV durante o evento. Assista alguns que irão ao ar este ano.

LEIA MAIS:
Bruno Mars se juntará a Coldplay e Beyoncé no Super Bowl 50
Peyton Manning pode não se aposentar após o Super Bowl 50. Veja o time que tem interesse no quarterback
SUPER BOWL 50: SAIBA COMO A CHINA PODE ‘INVADIR’ ESTE EVENTO

Quando Denver Broncos e Carolina Panthers entrarem em campo neste domingo, terão a certeza de uma coisa. Casa comercial do jogo estará 500 mil dólares mais caro em comparação a 2015.

A data do Super Bowl é tão importante para os americanos que o país pára por conta do evento. Além do jogo em si, shows no intervalo, comerciais guardado a ‘sete-chaves’ — e que são os mais caros da TV de todo o mundo — são exibidos. Em 2016 um comercial de TV no evento custará 5 milhões de dólares (R$ 19 milhões) por cada 30 segundos. A expectativa é tão grande que os anunciantes e seus comerciais são guardados e revelados apenas durante o evento ou alguns dias antes. O Torcedores.com foi atrás e trouxe alguns dos anúncios deste ano.

Os comerciais de TV de Super Bowl são produzidos especialmente para o evento e normalmente carregam sátiras, o que acaba tornando-os parte integrante e indispensável para o decorrer do jogo. Atualmente, algumas empresas revelam seu comercial até alguns meses ou apenas dias antes do evento. Outras mantém a tradição de revelar apenas na TV e no momento do jogo.

Como 2016 é uma data especial, a própria NFL realizou um comercial homenageando os outros anos de finais do futebol americano. Crianças nascidas em cada um dos anos citados no comercial aparecem cantando.

Assista:

Confira alguns outros comerciais que irão ao ar neste domingo durante o Super Bowl 50

Audi “Commander”:

Wix.com:

Doritos:

Kia:

Honda:

Foto: Crédito da foto: Reprodução/site oficial da NFL