Super Bowl 50: Saiba como a China pode ‘invadir’ este evento

crédito da foto: NFL/H.O. Zimman, Inc.

O Super Bowl, maior evento esportivo do planeta será realizado neste domingo (7). Os chineses já estão de olho no evento e poderão inclusive participar dele.

LEIA MAIS: 
Bruno Mars se juntará a Coldplay e Beyoncé no Super Bowl 50
Peyton Manning pode não se aposentar após o Super Bowl 50. Veja o time que tem interesse no quarterback

Neste domingo (7) o esporte mundial terá mais um espetáculo imperdível. Trata-se do Super Bowl 50, final do Futebol Americano, a NFL. A data é tão importante para os americanos que o país pára por conta do evento. Além do jogo em si, shows no intervalo, comerciais guardado a ‘sete-chaves’ — e que são os mais caros da TV de todo o mundo — são exibidos. Motivos de sobra para o americano parar por horas em torno do evento. No entanto, um esporte típico de que nasceu nos Estados Unidos, vem ganhando a cada ano mais adeptos pelo mundo. Os chineses, é claro, não iriam ficar fora dessa !

Em setembro de 2015, um dos maiores site de e-commerce do mundo, o Alibaba do grupo Aliexpress, comprou os direitos de transmissão da NFL na China. Através da nova empresa do grupo, a AliSports, estima-se que entre os acordos feitos com a liga americana, está também a veiculação da marca durante a transmissão do Super Bowl 50. Como faz parte do ‘SHOW’, manter o sigilo sobre as marcas que compraram algum espaço para o evento, não há nenhuma certeza sobre o assunto, mas é muito provável que a marca esteja presente.

Vale lembrar que o o grupo Alibaba, controla 40 % do Guangzhou clube do técnico Felipão e dos que mais investe na China.

Crédito da foto: NFL/H.O. Zimman, Inc.