Dudu sente fisgada, deixa o campo com menos de 10 minutos e esbraveja contra Cuca

Palmeiras
Crédito da foto: Getty Images

O Palmeiras recebe o Red Bull Brasil, nesta quinta-feira, no estádio Pacaembu, pela rodada do Campeonato Paulista. E a expectativa da torcida para ver uma nova formação em campo acabou com menos de 10 minutos de partida. O camisa 7, Dudu, sentiu uma fisgada na coxa e deixou o campo por precaução.

LEIA MAIS:
BAHIA TENTA TIRAR RÉGIS DO PALMEIRAS, MAS ALVIVERDE RECUSA NEGOCIÁ-LO
VEJA 10 NOTÍCIAS DO PALMEIRAS QUE ESTÃO BOMBANDO NESTA QUINTA!

O lance aconteceu aos 8 minutos do primeiro tempo, sozinho, Dudu desabou no gramado e imediatamente o técnico Cuca o substituiu pelo Argentino Allione. O camisa 7 não gostou da substituição, queria tentar voltar ao jogo, e esbravejou no banco de reservas. Segundo torcedores presente no Pacaembu, o atacante chutou na mala de primeiros socorros e foi direto para o vestiário do Verdão.

Pouco tempo depois, mais calmo, Dudu retornou para o banco de reservas, de onde acompanha a partida e reclama muito com Zé Roberto.

Perguntado pelos repórteres o motivo de sua saída, o atacante disparou. “Não foi nada, o treinador que quis me tirar”, e na saída para o intervalo, o camisa 7 voltou a esbravejar. “Nem deu tempo dele (médico) me examinar, né? Tem que perguntar pro Cuca, opção dele”.

A repórter Joanna de Assis, do Sportv, perguntou para o médico do Palmeiras sobre a situação do Dudu, e ele confirmou que houve uma falha de comunicação.