Jornalistas opinam sobre trabalho de Dorival no Santos

Crédito da foto: Reprodução\ Facebook oficial do Santos Futebol Clube

Dorival Júnior chegou ao Santos em julho do ano passado para sua segunda passagem no clube, e conseguiu recuperar o futebol vistoso do Peixe, e tirar o time na zona do rebaixamento, e ainda colocar o Alvinegro em uma final de Copa do Brasil. Mas ainda assim é criticado por parte da torcida, por isso ouvimos a opinião de jornalistas sobre o que acham do trabalho de Dorival no Santos.

O principal questionamento dos torcedores é pelo fato de quando o time estava na reta final do Brasileirão com chances muito boas de classificar para Libertadores pelo Campeonato Brasileiro, o treinador colocou reservas para priorizar a final da Copa do Brasil.

Os santistas dizem que isso foi um erro já que o clube perdeu a finalíssima para o Palmeiras , e no Brasileiro terminou fora da zona de classificação para a Taça Libertadores.

Para o Ademir Quintino jornalista da Rádio Capital e que também tem o blog http://www.ademirquintino.com.br/ o trabalho do Dorival é muito bom no Santos, mas concorda com os torcedores que ele junto com a diretoria do Peixe errou no planejamento para as finais da Copa do Brasil, confira:

“Acho o trabalho dele muito bom,poderia ser melhor,o Santos é um time que troca a bola, levou cinco jogadores pra seleção, três na principal. O treinador pecou junto com a diretoria, no fim do ano passado, na logística. O clube perdeu a Copa do Brasil e a vaga a Libertadores através do nacional. Na realidade ruim de treinadores que temos no país, Dorival, na minha opinião é o melhor pro clube. Pode-se contestar os resultados nesta segunda passagem, a eficiência que o elenco evolui em suas mãos é irrefutável”.

Para Lucas Musetti jornalista do Globoesporte.com o trabalho de Dorival no Peixe é ótimo, segundo ele o treinador santista diferente de muitos técnicos do futebol brasileiro não se preocupa em apenas vencer, mas sim em praticar um futebol bonito, confira:

“O trabalho de Dorival Júnior é um ponto fora da curva no futebol brasileiro. O técnico, diferentemente de outros vários que estamos acostumados a ver, não se preocupa apenas com o resultado, mas, principalmente, no desempenho e na manutenção de um padrão de jogo ofensivo. No dia a dia, todas as atividades físicas são feitas com bola e há prioridade no trabalho tático. O elenco entende o que é preciso fazer e confiar na filosofia do treinador. Jogadores rápidos e agudos mostrarem paciência para construir jogadas ofensivas e manter a posse de bola é um exemplo. O período sabático após uma sucessão de trabalhos ruins fez bem para Dorival, que chegou ao Santos disposto a continuar a ótima passagem em 2010, que foi encerrada por motivos extracampo. O presidente Modesto Roma garante que o comandante santista ficará no cargo até dezembro de 2017, e, depois de nove meses de trabalho, há motivos para acreditar na promessa”.

Para o Russel Dias jornalista do LANCE!, que é setorista do Santos, Dorival Júnior faz um excelente trabalho no Peixe, principalmente pelo trabalho que o técnico faz com a base, e pelo padrão de jogo da equipe, confira:

“O Dorival ainda é criticado por ter ficado fora da Libertadores, mas eu não vejo até hoje possibilidade de ter entrado com o time titular contra o Vasco. No geral, acho que ele faz um trabalho interessante no sentido de integração com a base e principalmente de dar um padrão de jogo para o time. Com peças melhores, pode fazer um trabalho que fique marcado na história do Santos. Ele precisa de tempo e de apoio, já que algumas contratações tem sido impostas pela diretoria sem o aval dele”.



Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.