Má fase? Na frieza dos números, Inter não perde há seis jogos e tem uma derrota no ano

Internacional x São Paulo
Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação

Argel Fucks soube usar os números a seu favor para defender o trabalho no Inter após a derrota nos pênaltis para o Fluminense, na semifinal da Primeira Liga, na última quarta-feira. Para os repórteres que lhe perguntavam sobre os três jogos sem vencer, ele respondia: “Tudo bem, mas depende do ponto de vista, pois também estamos há três jogos sem perder”. E, ao menos na frieza dos números, ele tinha razão.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola 2016: Grêmio diz que busca reforços para duas posições

Inter espanta a crise e aplica 4 no Novo Hamburgo; confira os gols

O fato é que o Inter conheceu sua primeira vitória no mês de março neste sábado, contra o Novo Hamburgo, no Beira-Rio, pelo Gauchão. Ao aplicar 4×2 no rival da região Metropolitana, o colorado deixou para trás a série de quatros empates e fez as pazes com a vitória. Eduardo Sasha, Paulão, o contestado Anderson e Vitinho fizeram os gols do Inter, que pulou para o quarto lugar do estadual.

A última – e única no ano – derrota do Inter foi contra o Veranópolis, no Beira-Rio, quando o time de Argel Fucks permitiu a virada por 2×1. O jogo foi realizado no dia 24 de fevereiro e, de lá para cá, o colorado disputou seis partidas, com duas vitórias e quatro empates. Antes da derrota para o VEC, o Inter havia feito sete partidas oficiais em 2016, com quatro vitórias e três empates.

No entanto, a crítica constante e presente sobre o Inter de Argel Fucks é pelo desempenho em campo. Embora a matemática e os números favoreçam o comandante colorado, o time ainda deve uma melhor produção nas partidas. Por conta do mau desempenho e da série de quatro empates seguidos, torcedores foram protestar no Beira-Rio na última sexta-feira. O meia Anderson foi um dos principais alvos. Argel, Anderson e o Inter seguem em busca de melhores atuações – e que os números sigam a favor.

Seis jogos de invencibilidade desde a derrota para o Veranópolis – a única em 2016:

28/2 – Gauchão – Juventude 0x1 Inter

6/3 – Gauchão e Primeira Liga – Grêmio 0x0 Inter

13/3 – Gauchão – Inter 1×1 São Paulo

20/3 – Gauchão – Lajeadense 0x0 Inter

23/3 – Primeira Liga – Fluminense 2 (p) x 2 Inter

26/3 – Gauchão – Inter 4×2 Novo Hamburgo



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.