QB dos Lions diz ‘não se surpreender’ com aposentadoria de Calvin Johnson

Divulgação/Site Oficial Detroit Lions

Apesar de até ser sugerida pelo próprio jogador em alguns momentos, a aposentadoria do wide receiver do Detroit Lions Calvin Johnson foi recebida com certa surpresa por boa parte dos jogadores e torcedores da NFL. O quarterback dos Lions, Matthew Stafford, no entanto demonstrou que, de certa forma, esperava a decisão de seu agora ex-companheiro de time.

LEIA MAIS

Narrador da ESPN ‘protesta’ contra nome de possível atleta da NFL; veja!

Vídeo: Rockhold lutando com ex-jogador da NFL? Confira!

O jogador falou sobre o fim de carreira do WR ao participar de um evento na Universidade da Geórgia, onde estudou e afirmou que ‘Megatron’ estava sentindo os efeitos de jogar futebol e das lesões que atormentaram o ex-atleta do Detroit Lions nas últimas temporadas, segundo o site oficial da NFL

“Não digo que já esperava (pela aposentadoria de Johnson), mas não fiquei surpreso. Conheço Calvin há sete anos e sei o esforço e atitude que ele levava a campo e isso deixa marcas na pessoa. Ele recebia alguns passes e tinha gente o marcando forte, isso deixa marcas. Ele é um jogador de mente ofensiva que jogava bola tanto quanto qualquer outro. Então, sei que jogar na NFL acabou cansando ele e, quando ele me disse que estava se aposentando, eu disse a ele: ‘estou feliz que você também o esteja'”, declarou Stafford de acordo com o jornal Detroit Free Press.

“Ele é um cara que deu tudo em campo e você quer que ele consiga sair quando ele achar certo e sentir que tomou a decisão correta”, finalizou o QB.

Stafford também falou sobre como acredita que o Detroit Lions irá se virar sem Calvin Johnson, principal recebedor do time nas últimas temporadas e recordista de jardas recebidas em uma única temporada (1.964, em 2012). O jogador acredita que os Lions irão conseguir se virar sem sua principal peça.

“Vamos sentir falta de um cara como ele. Ele faz jogadas que talvez só um dois ou até três jogadores conseguem fazer na NFL e ele fazia isso toda semana. No começo, vai ser algo difícil, mas vamos achar um jeito de continuar sendo explosivos, marcar touchdowns e continuar fazendo essas jogadas”

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial Detroit Lions)



Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.