Martín Silva, a ”Muralha da Colina”, completa 33 anos. Relembre a trajetória dele no Vasco

Reprodução\ @VascoPictures Twitter

Martín Silva não poderá comemorar o seu aniversário com a torcida do Vasco, já que está servindo a Seleção Uruguaia

Contratado no fim de 2013, após um ano terrível dos goleiros vascaínos, que culminou no rebaixamento do clube, o goleiro Martín Silva faz aniversário hoje. O Arqueiro vascaíno e da seleção uruguaia, completa 33 anos. Recentemente Martín chegou a marca de 100 jogos com a camisa do Vasco, um número bastante expressivo, além disso ele renovou contrato com o clube, tendo vínculo agora até 2019, tendo tudo para virar ídolo cruz-maltino.

Após ser vice-campeão da Libertadores com o Olímpia em 2013, o goleiro desembarcou no início de 2014 no Rio de Janeiro, apesar de ter proposta de clubes da Série A do Brasil, o jogador preferiu defender as cores do Vasco e logo virou xodó da torcida, que vibrava a cada defesa do goleiro como se fosse gol. Com os gritos de ”Ah! Temos goleiro”, Martín logo caiu nas graças do torcedor. Ele ajudou o clube a chegar na final do Carioca e apesar do vice-campeonato, foi o goleiro menos vazado sendo eleito o melhor da posição no torneio.

Martín Silva enfrentou problemas pessoais no seu início no clube. Sua filha Pilar, nasceu com problemas respiratórios e o atleta precisou se ausentar dos treinos para acompanhar ela e sua mulher no Uruguai. Mesmo liberado do jogo contra o Fluminense, ele voltou a tempo da partida, fez um grande jogo, e saiu de campo emocionado com a torcida gritando o nome de Pilar.

Ainda no primeiro ano o goleiro recebeu mais homenagens do Vasco: Teve uma camisa comemorativa de goleiro produzida com as cores do Uruguai, já que ele ia disputar a Copa do Mundo e foi escolhido em Agosto para usar a camisa 116, em comemoração ao aniversário do clube.

Com grande contribuição do goleiro, o Vasco voltou a elite do Campeonato Brasileiro. E em 2015, Martín, conquistou o único título que tem com o clube: O Carioca, que teve grande contribuição do goleiro, salvando a equipe em diversas oportunidades.

https://igcdn-photos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/t51.2885-15/s640x640/sh0.08/e35/12825930_1078760232182955_653174743_n.jpg?ig_cache_key=MTIwNzUyMjM5MzA0MzQyNjI2MQ%3D%3D.2
Martín e sua filha com a camisa dos 100 jogos pelo Vasco. Reprodução\ Instagram do jogador

 

Com o goleiro fora para a preparação da Copa América, o Vasco sofreu novamente com problemas na meta. Jordi e Charles não convenceram e o time amargou a zona de rebaixamento durante a primeira parte do campeonato. Na volta de Martín, que se machucou na seleção, o time sofreu uma goleada em casa diante do Palmeiras por 4-1, com o camisa 1 sendo substituído no intervalo após falhar em um dos gols. A troca gerou grande polêmica entre Celso Roth e o empresário de jogador, e se criaram rumores de que Martín poderia deixar o clube.

Celso Roth foi demitido e Jorginho chegou. Com isso o goleiro recuperou a boa forma ajudando na arrancada incrível da equipe para escapar da queda. Mesmo com grandes defesas e sendo decisivo, o goleiro não impediu o terceiro rebaixamento do clube. Martín, junto com Jorginho e Nenê, reiteraram o desejo de permanecer e devolver o Vasco ao seu devido lugar, e além disso tenta chegar ao bicampeonato carioca. Em mais um ano duro, o uruguaio será essencial para o retorno do time a Série A

 



21 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol.