Shaquille O’Neal fez pedido quase impossível a Kobe Bryant

Shaquille O’Neal fez pedido complicado a Kobe Bryant
Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial dos Los Angeles Lakers

A carreira de Kobe Bryant está perto do fim. Após 20 anos na NBA, o jogador dos Los Angeles Lakers vem em uma contagem regressiva e o público vai se despedindo dele. Tendo em vista a sua última partida no Staples Center, casa do Los Angeles Lakers, no dia 13 de abril, Shaquille O’Neal, fez um a pedido que é complicado para Kobe cumprir.

LEIA MAIS:
KOBE BRYANT: “O BARCELONA ME LEMBRA O LA LAKERS”

“Kobe, vai ter uma grande celebração para você no seu último jogo, muitos de nós vamos estar lá. Pode me prometer uma coisa? Preciso de 50 pontos nessa noite. Consegue fazer isso?”, perguntou o antigo pivô dos Los Angeles Lakers e Miami Heat no programa Inside the NBA.

O pedido de Shaquille O’Neal arrancou risadas do armador e uma resposta simples: “Não, sem chance”. “Mas estou ansioso por te ver lá e aproveitar esse jogo”, concluiu Kobe Bryant.

Marcar 50 pontos em um jogo é difícil, mas não impossível, muito menos para Kobe Bryant. O jogador dos Lakers fez 134 jogos com mais de 40 pontos e em 26 ultrapassou os 50 pontos. Kobe chegou a mais de 60 pontos em cinco ocasiões, mas nenhuma delas se compara aos 81 pontos na vitória por 122 a 104 contra o Toronto Raptors em 2006, a segunda maior pontuação individual da história, inferior apenas à de Wilt Chamberlain, que fez 100 pontos pelos Philadelphia Warriors contra os New York Knicks no dia 2 de março de 1962.

A parceria entre Shaquille O’Neal e o então jovem ala-armador Kobe Bryant começou em 1996. O pivô era um free agent após não renovar o seu contrato com o Orlando Magic e Jerry West, general manager dos Los Angeles Lakers naquela época, não perdeu tempo para contratá-lo. Ao mesmo tempo, fez duas outras aquisições que se mostraram extremamente acertadas. Depois do draft desse ano, West fez uma troca com os Charlotte Hornets, mandando o pivô Vlade Divac para o time da Carolina do Norte e recebendo um jovem de 17 anos chamado Kobe Bryant. Por fim, acertou com Phil Jackson, técnico hexacampeão da NBA com o Chicago Bulls, para comandar o time. Os Los Angeles Lakers foram tricampeões entre 2000 e 2002, com Kobe Bryant e Shaquille O’Neal sendo as estrelas da equipe.

Após a saída de Shaquille O’Neal em 2004, coube a Kobe Bryant liderar o time e o ala-armador não desapontou, ajudando os Los Angeles Lakers a vencer mais dois títulos da NBA em 2009 e 2010. Kobe Bryant é o terceiro jogador com mais pontos na história da NBA (33.440), à frente de Michael Jordan (32.292) e do próprio Shaquille O’Neal, sétimo na lista com 28.596. Kobe Bryant perde apenas para outra lenda dos Los Angeles Lakers, Kareem Abdul-Jabbar (38.387), e para Karl Malone (36.928), que fez quase toda a carreira no Utah Jazz antes de atuar pelos Lakers na temporada 2003/2004, sua última na NBA.

O pedido de Shaquille O’Neal parece ser quase impossível de ser cumprido. Resta esperar o dia 13 de abril para saber se Kobe Bryant, aos 37 anos, surpreenderá a NBA pela última vez.

Veja abaixo o pedido de Shaquille O’Neal e também a atuação histórica de Kobe Bryant na noite em que fez 81 pontos contra os Toronto Raptors:

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial dos Los Angeles Lakers