Funcionário do estádio do Santa Fe interrompe treino do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians treinou nesta tarde no Estádio El Campin. Foi o reconhecimento da equipe do palco do quinto jogo do Timão na Libertadores. No entanto, a administração da casa do time colombiano tentou impedir que o treino da equipe paulista continuasse e até Tite foi conversar com o funcionário.

Os 22 jogadores que foram relacionados para a viagem à Colômbia estavam em campo fazia 35 minutos, quando um funcionário do Santa Fe entrou no gramado para interromper o treino do técnico Tite. Os seguranças do Corinthians interviram um dos administradores e logo depois o treinador gaúcho foi conversar com o funcionário.

Após o bate-papo, Tite e os jogadores do Corinthians foram para trás de um dos gols e finalizaram o treino por lá. Na coletiva, Tite falou sobre o episódio e preferiu enaltecer o duelo contra os colombianos.

“Primeiro o grande espetáculo que vai entre nós e o Santa Fe, isso tem que ser enaltecido. É Libertadores, a disputa dentro de campo. E todos esses aspectos que ele envolve toda uma preparação. O que o técnico busca? Preparação da equipe, dar aos atletas as melhor condição possível”, contou. “O Santa Fe não tem absolutamente nada a ver com isso, a administração do estádio, ela teve. Ela faltou com a reciprocidade de que nós fizemos em relação ao Santa Fe, inclusive tem um formulário endereçado a nós quando choveu lá (Arena Corinthians) e toda possibilidade deles treinarem. Mas não significativo, significativo é o jogo”, completou.

O Corinthians enfrenta o Santa Fe nesta quarta-feira às 21h45. Caso vença os colombianos já está nas oitavas de final da competição.

 



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.