Após se recuperar de derrame no joelho, Breno trabalha para retornar ao time

Breno
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O zagueiro Breno se recuperou de um derrame no joelho (líquido), que impedia a sua volta aos gramados. O jogador está há dois meses sem jogar e inicia um processo de fortalecimento. Essa fase do tratamento é fundamental, principalmente para Breno que ficou anos sem atuar profissionalmente.

LEIA MAIS: SÃO PAULO: SAIBA QUAL SERÁ A PRINCIPAL MISSÃO DE PINTADO COMO AUXILIAR TÉCNICO

O médico do São Paulo José Sanchez, explicou a situação de Breno para site o globoesporte.com: “Ele perdeu muito músculo porque estava parado, agora está só fortalecendo. Está relativamente bem em relação à dor, mas precisa fortalecer a coxa. Ele tem uma coxa muito grande. O derrame não voltou, mas há o risco de torcer o joelho de novo se não estiver fortalecido. Não podemos dar prazo, mas, se não aparecer nenhuma intercorrência, podemos dizer que é uma reta final da recuperação”.

Breno sofreu com muitas lesões desde sua volta ao São Paulo. Neste ano o zagueiro iniciou os treinamentos antes do elenco para tratar o joelho. Começou a temporada como titular, mas se machucou na primeira partida oficial.

“É um caso único no mundo de atleta que ficou quatro anos parado. E é preciso levar em conta que esse longo período aconteceu logo após ele ter operado o joelho. No momento em que ele mais precisava trabalhar, ficou impedido de fortalecer. Ele está bem, pena que tenha ainda limitação de massa muscular, mas está indo bem”, completou Sanchez”.

O jogador está fazendo falta, pois a zaga é uma posição carente no elenco são-paulino. Atualmente, Rodrigo Caio e Maicon são os titulares. Lugano, pela idade, não atua em todos os jogos. O jovem Lucão é outra opção, mas perdeu a confiança do treinador depois da falha diante do Corinthians.