Champions: Allianz Arena e a maldição para os portugueses

Foto: Divulgação/Facebook oficial do Allianz Arena

Estádio inaugurado em 2005 vem acumulando infelicidades para portugueses. Na terça, é dia do Benfica tentar mudar a história.

LEIA MAIS:
Champions: Ex-goleiro do Bayern pede para time alemão não menosprezar o Benfica

Champions: Bayern não terá Robben para as quartas de finais

Mais do que tentar surpreender o favoritismo do Bayern, o Benfica também terá que lutar contra uma negra maré que vem assombrando portugueses dentro da Allianz Arena.

Mesmo o estádio tendo sido inaugurado ainda em 2005, o cardápio para os lusos dentro da Baviera vão de goleadas vexatórias a até eliminação dolorosa em semi-final de Copa do Mundo.

Na ocasião, os selecionados portugueses que eram comandados por Felipão faziam grande copa até o momento que teveram que pisar no estádio bávaro. Sendo superior com a bola no pé e perdendo vários gols, a seleção da ainda “promessa” Cristiano Ronaldo via tudo se desmoronar quando Zidane convertia pênalti e fazia 1×0 para os franceses. Em um daqueles jogos que a bola parecia que não entraria por nada, o placar prosseguiu até o último apito do árbitro. Desde então, Portugal não conseguiu mais repetir a campanha em outras competições internacionais.

Em março de 2009 foi a vez do Sporting sofrer. Esperançoso em seguir á diante na Champions, o time lisboeta sofreu severos 7×1 do Bayern, e viu o sonho rapidamente se tornar um pesadelo até hoje recordado.

Já no ano passado, o Porto parecia que enfim acabaria com a maldição. Tendo vencido o primeiro jogo no Dragão por 3×1 com direito a até reclamar devido a outras chances desperdiçadas, os azuis entraram no Allianz totalmente irreconhecíveis e aparentando ser outro time. Como consequência, nova sonora e histórica goleada sofrida: 6×1.

Desta vez é o Benfica que vai a Baviera tentar escrever um roteiro diferente da seleção nacional e dos seus rivais.