Com gol de Bruno César e falha de Casillas, Sporting vence Porto e cola no Benfica

Bruno César fez o terceiro gol do Sporting
Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Sporting

O Sporting venceu neste sábado (30) o clássico contra o Porto por 3 a 1 e se aproximou novamente do Benfica no topo da tabela do Campeonato Português.

LEIA MAIS:
CASILLAS FALHA FEIO E TOMA FRANGO APÓS CHUTE DE BRUNO CÉSAR, EX-CORINTHIANS; ASSISTA

O Sporting chegou ao clássico em clima de decisão, uma vez que o Benfica venceu na sexta-feira (29) o Vitória de Guimarães por 1 a 0 e abriu cinco pontos de vantagem sobre os Leões. Com três jogos pela frente, uma derrota no Estádio do Dragão poderia significar o adeus à briga pelo título.

O jogo
O Sporting começou melhor e teve a chance de inaugurar o marcador logo aos cinco minutos. Depois de cruzamento de Adrien, Casillas não conseguiu afastar o perigo e a bola sobrou para o meia João Mário, que falhou na frente da meta do Porto. Os Dragões quase marcaram pouco depois, quando o mexicano Héctor Herrena finalizou na trave o cruzamento de José Ángel.

Aos 23 minutos, o Sporting chegou à vantagem. João Mário avançou pelo lado direito do campo, levou a melhor sobre José Ángel, entrou na área e cruzou para o argelino Slimani, que desviou já na pequena área e fez o primeiro dos Leões. No entanto, não demorou muito para o Porto igualar a partida. Aos 35 minutos, o meia Brahimi foi derrubado na área e o árbitro Artur Soares Dias marcou pênalti. Herrera cobrou na esquerda de Rui Patrício e empatou.

A um minuto do intervalo, nova vantagem do Sporting e de novo por Slimani. O costa-riquenho Bryan Ruiz cruzou da esquerda e o argelino subiu mais alto que a zaga do Porto para cabecear no lado direito de Casillas.

No começo do segundo tempo, o Porto teve uma boa chance para chegar novamente ao empate após cobrança de falta de Sérgio Oliveira. Na entrada da área, o meia português chutou a bola no travessão de Rui Patrício. O Sporting voltou a dominar as ações do jogo e esteve perto de ampliar, primeiro com um cabeceamento perigoso de Slimani e depois por Adrien. A 20 minutos do apito final, outra oportunidade para o Sporting. Bryan Ruiz cobrou escanteio, Slimani cabeceou e Casillas tirou em cima da linha. A bola sobrou para o zagueiro Sebastián Coates, mas o jogador uruguaio chutou por cima da meta.

A cinco minutos do fim, Bruno César, ex-Corinthians, que havia entrado para o lugar do atacante Téo Gutiérrez sete minutos antes, avançou pela esquerda após passe de João Mário, entrou na área do Porto e chutou rasteiro. Iker Casillas se jogou para fazer a defesa, mas falhou e deixou a bola passar debaixo do seu corpo. A bola cruzou lentamente a linha de gol e o Sporting selou assim o resultado final.

Com a vitória, o Sporting chega a 80 pontos fica novamente a dois do líder Benfica, com duas partidas por disputar até o final do Campeonato Português. O Sporting terá pela frente o Vitória de Setúbal (em casa) e o Braga (fora), enquanto que o Benfica joga conta o Marítimo (fora) e Nacional da Madeira (em casa).

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Sporting