Como o SBT falará das Olimpíadas sem poder usar nomes oficiais

SBT já se prepara para a cobertura das Olimpíadas mesmo sem direitos de transmissão
Crédito da foto: Reprodução/Twitter oficial das Olimpíadas Rio 2016

As Olimpíadas Rio 2016 estão chegando e as emissoras já se preparam para cobrir o evento. No entanto, aquelas que não possuem os direitos de transmissão terão que se voltar para a originalidade quando forem tratar de Jogos Olímpicos.

LEIA MAIS:
OLIMPÍADAS 2016: SAIBA QUAIS JOGOS DE FUTEBOL ACONTECERÃO NO RIO
10 CURIOSIDADES SOBRE AS OLIMPÍADAS: NÚMEROS E FATOS DA RIO 2016
RENOVADO E CONFIANTE, CIELO DEFINE ÚLTIMA BATALHA POR VAGA NOS JOGOS DO RIO: “EU CONTRA EU MESMO”
QUASE LÁ! – COMITÊ DIZ QUE 98% DAS OBRAS OLÍMPICAS ESTÃO PRONTAS

É o caso do SBT, que está impedido de utilizar nomes oficiais como Jogos Olímpicos, Rio 2016, ou Olimpíadas. Segundo informações de Flávio Ricco, do UOL, a emissora de Sílvio Santos já tem um plano para contornar esse problema. Uma das opções avançadas até agora é o uso da expressão “Corrida pelo Ouro”.

Após a Record ter garantido a exclusividade das Olimpíadas de Londres, em 2012, a Globo voltou a assegurar os direitos de transmissão a partir da edição deste ano. Segundo anunciado pelo Comitê Olímpico Internacional em dezembro de 2015, o contrato entre a entidade e Globo é válido até 2032 e garante exclusividade nos canais por assinatura, celulares e internet.

Desta forma, a Globo junta-se a Band e Record como emissoras oficiais que irão transmitir os Jogos Olímpicos em sinal aberto. Já na televisão por assinatura, o SporTV, a BandSports, a ESPN e a FOX Sports transmitirão a Rio 2016.

Crédito da foto: Reprodução/Twitter oficial das Olimpíadas Rio 2016