Dia da mentira: 5 times que enganaram todo mundo no futebol brasileiro

lucas lima
Crédito da foto: Divulgação/ Cesar Greco/ Fotoarena

1° de abril é o Dia da Mentira. Um clássico durante a infância de todos e, na vida adulta, um dia no qual todos se controlam de tanta vontade de brincar. Mas há quem tenha mentido mesmo adulto, e na frente de todos: times que prometeram muito, mas enganaram em torneios por todo o Brasil.

Leia também: Dia da mentira: 5 seleções que enganaram todo mundo em Copas recentes

Times que prometeram muito, empolgaram a torcida com boas contratações, ou com bom futebol durante todo um campeonato e que, na ‘hora H’, entregaram tudo, decepcionaram… Enganaram seus torcedores.

Santos 2015
O Santos do ano passado ganhou de quase todo mundo na Vila Belmiro – não ganhava fora de casa, mas ninguém parecia ligar muito, já que o futebol em casa era tão envolvente, o crescimento na  tabela do Brasileira era tão claro e o avanço na Copa do Brasil, contra rivais, tão fácil, que quem ligaria para tropeços e falta de futebol longe da Vila? A torcida se empolgou, o G4 chegou, a final da Copa do Brasil também. E aí, na hora de fechar com chave de ouro, a mentira: o time entregou o G4 e perdeu a decisão no mata mata. Libertadores-2016? Mentira…

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Flamengo 1995
Naquele ano, o Flamengo contratou Romário, o melhor jogador do mundo, Edmundo e Sávio para formar seu ataque. Não tinha como dar errado. Mentira. O Flamengo ficou o Brasileiro inteiro na parte de baixo da tabela, os gols do trio não saíam e a torcida se sentiu muto enganada. O “melhor ataque do mundo” se tornou o “pior” e durou pouco.

romário-700

Palmeiras 2009
O Palmeiras era líder do Brasileiro até cinco rodadas para o final. O título parecia ser questão de tempo. A vaga na Libertadores, apenas um extra. Mentira e mentira. Só uma vitória até o final e a queda para a quinta posição nas mãos de Muricy Ramalho. Toda a empolgação se tornou desespero em poucas semanas.

Palmeiras

Vasco 2015
Não que o time fosse bom – não era. Não que algum vascaíno pensasse que a briga no Brasileiro seria por algo melhor do que escapar do rebaixamento – não pensavam. Mas quando Eurico Miranda prometeu se mudar para a Sibéria se o Vasco fosse rebaixado, a mentira começou a surgir. O Vasco caiu. Eurico não está na Rússia…

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Corinthians 2011
Ronaldo e Roberto Carlos. O desconhecido Tolima. A fase de grupos da Libertadores parecia ser de tranquilo acesso. A história é simples: não foi. O corintiano sabe bem o que significou, por um ano, aquela eliminação – no ano seguinte o título veio e tudo foi esquecido.

tolima



Jornalista esportivo.