Diego Renan comenta temporada no Vitória: “momento maravilhoso”

Foto: Arena Rubro-negra

Após o treinamento no Barradão, o lateral-esquerdo Diego Renan conversou com os jornalistas. Após dois dias de folga, o grupo se reapresentou visando o jogo do próximo domingo (10) contra a Juazeirense, válido pelas semifinais do Campeonato Baiano.

LEIA MAIS:
Clubes chineses são os que mais gastaram neste ano

Serão 15 dias sem jogos oficiais. Para alguns, é um ótimo momento para aprimorar a parte física e técnica. Já os jogadores que são “fominhas”, querem atuar o tempo todo se dependesse deles.

“Tem os dois lados. A gente sabe que é preciso ter tempo para os treinamentos, mas ao mesmo tempo a gente sabe que o entrosamento e o ritmo de jogo são importantes. O fato de ter esse período de duas semanas sem jogos, a gente ganha no treinamento, mas tem que tirar proveito de cada uma das situações. A gente tem procurado ver a intensidade dos treinamentos e tentado aproveitar ao máximo o tempo que a gente tem, porque a gente sabe que muitos reclamam que não têm esse tempo. Então a gente tem que saber que estamos tendo, e ter essa sabedoria que a gente tem que tirar muita coisa boa disso tudo”, explicou em entrevista coletiva.

De contestado em 2015 por conta do peso, a fundamental para o acesso a Série A em 2016. Diego Renan é um dos líderes do grupo, titular absoluto e já anotou dois gols esse ano. Ele atribui ao trabalho essa redenção com a camisa do Vitória.

“Momento maravilhoso. Isso é resultado de trabalho. Não tem outra resposta. Cheguei aqui no ano passado, muito contestado, mas sempre aceitando as críticas, as cobranças, sabendo que tenho potencial. Trabalhei, fazendo sempre o meu melhor. E sempre falo que nunca está bom. Prefiro falar que a gente precisa sempre melhorar, nunca estar acomodado. É um momento maravilhoso. Espero que possa dar continuidade durante a temporada”, comentou.

Sobre o adversário do próximo domingo (10), o Juazeiro, Diego fala sobre as dificuldades que o adversário vai impor jogando no renovado estádio Adauto Moraes.

“O Mancini ainda não passou muita coisa para a gente. Mas, durante a semana, com certeza a gente vai receber informações e vídeos, para que a gente possa conhecer ainda mais o adversário. Mas, independentemente disso, nós temos que saber que vai ser um jogo muito difícil, como tem sido ultimamente no interior. Tem que ter concentração, tem uma ótima semana de trabalho. Com certeza, tem tudo para ser uma semana abençoada, que a gente vai coroar com uma vitória no domingo”, concluiu.