Dudu revela que ignorou médicos e jogou clássico no sacrifício

Palmeiras x Corinthians
Crédito de imagem: César Greco/Ag.Palmeiras

Dudu começou o clássico contra o Corinthians, deste domingo, no banco de reservas, por opção do técnico Cuca. O camisa 7 tinha se machucado durante derrota para o Red Bull Brasil na semana passada e precisou passar por um tratamento. Na etapa final de partida, o atacante entrou no lugar de Robinho para deixar sua marca e assegurar a vitória do Palmeiras, poucos minutos depois de Fernando Prass defender pênalti de Lucca.

LEIA TAMBÉM:
Prass revelo DICA para defender pênaltis contra Corinthians e ganha GIF do Palmeiras

Após o jogo, Dudu conversou com os jornalistas ainda no Pacaembu e disse que sua atuação hoje foi fruto de “teimosia” de criança. Segundo o jogador, os médicos tinham estipulado um prazo de mais ou menos três semanas para que se recuperasse da coxa direita.

“Briguei com os médicos ao longo da semana para me deixarem jogar. Eles falaram que eram três semanas, 20 dias, e eu voltei em 10”, confessou o camisa 7, que saiu de campo com dores.

“Senti um pouco no fim, mas vamos examinar amanhã para ver se jogo contra o Rosario (Central, na Argentina), pela Libertadores na quarta-feira”, completou Dudu.

Com os três pontos, o Palmeiras vai aos 21 pontos e assume a liderança provisória do Grupo B do Paulistão. No fim de semana que vem, o time de Cuca decide a classificação para a próxima fase em partida contra o Mogi Mirim.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.