Edílson ganhou R$ 550 por dar canetas em Mascherano e hoje argentino é alvo de zoeiras de Neymar

Foto: Divulgação/CATS

Edílson “Capetinha” foi um dos jogadores mais provocadores e dribladores do futebol. Prova disso é que ele ficou marcado, principalmente, pela caneta que deu em seu desafeto Karembéu. Mas o atacante também é lembrado pelas duas canetas no então corintiano Mascherano, em 2005, quando o ídolo do Timão ainda jogava pelo São Caetano. E engana-se quem pensa que os lances em cima do argentino foi por acaso. Na época ele apostou dinheiro com os jogadores do Azulão e falou que daria canetas no volante.

LEIA MAIS
VAMPETA REVELA OS 5 JOGADORES QUE MAIS BEBIAM E COLOCA RONALDO EM PRIMEIRO
AO COMEMORAR MUNDIAL DE 2000, EDÍLSON CAPETINHA VOLTA A PROVOCAR O PALMEIRAS: “CHORA, PORCO”
#ESSEDIAFOILOKO: QUANDO EDÍLSON FEZ EMBAIXADINHAS E MARCOU O TÍTULO DO CORINTHIANS
 

Convidado do Resenha ESPN deste domingo, o atacante do Taboão da Serra contou o que rolou de fato há pouco mais de 10 anos no duelo entre Corinthians e São Caetano.

Eu jogava no São Caetano e íamos jogar contra o Corinthians e a gente sempre teve essa brincadeira ‘Ah e hoje, quem vai te marcar? Ah, o Mascherano vai marcar o Edílson’. Aí começa aquela provocação ‘O argentino não vai deixar você fazer nada’. Aí eu, ousado, falei para os caras ‘Quem quer botar um dinheirinho aí? Não dou menos de duas canetas no Mascherano. Aí um puxou cem, outro duzentos reais… Falei recolhe tudo que no final eu coloco minha parte”, contou. “Aí recolheram R$ 550, até os garotos do juvenil que estavam começando apostaram. Eu quase mandei os dois descerem do ônibus“, completou para a risada dos presentes na atração.

Em 2005, Corinthians e São Caetano se enfrentaram no Pacaembu. De um lado o time milionário do Timão, do outro o Azulão comandado por Edílson “Capetinha” e Dimba. Quem se deu melhor foi o time do ABC que venceu por 2 a 0 e ainda viu Mascherano ser humilhado pelo seu então camisa 10.

“Aí começou o jogo, eu dei logo a primeira caneta. Quando dei eu olhei pro banco de reservas e falei ‘Opa… Falta pouco, hein, já consegui 50%. Aí eu dei a segunda (…) E dizem as más línguas que nesse jogo aí ele se machucou e ficou seis meses sem jogar. E foi uma apostinha normal do dia-a-dia…”, revelou.

Um dos alvos preferidos de Neymar quando se trata de zoeira é justamente Mascherano. Edílson contou que quando encontrou com o craque do Barcelona, o camisa 11 falou que usa a foto do “Capetinha” para brincar com o zagueiro.

“Eu tava com Neymar em Jurerê (litoral de Santa Catarina) semana passada e ele me contou que quando quer sacanear o Mascherano que ele pega uma foto minha e fala: ‘Oh Mascherano, olha quem tá me ligando. Olha quem me mandou Whatsapp’“, brincou Edílson.

Naquele jogo, Edílson não balançou as redes e ainda foi expulso de campo por fazer cera para cobrar o escanteio. Tevez, por reclamação, também foi para o vestiário mais cedo e os gols do duelo foram marcados por Dimba e Paulo Miranda.

RELEMBRE AS CANETAS DE EDÍLSON EM MASCHERANO:



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.