Em 2017, o calvário da A2 continuará para tradicionais times paulistas

Pintado
Crédito da foto: Reprodução/TV

Em 2017 o calvário continuará para três grandes equipes do futebol paulista. Portuguesa, Guarani e Juventus disputaram em 2016 a Série A2 do Paulistão com a alusão de chegarem a próxima fase, mas o que se viu nas dezenove rodadas foi pura decepção.

LEIA MAIS:
PAULISTÃO SÉRIE A2: MIRASSOL VENCE E FICA A UM PONTO DA LIDERANÇA
PAULISTÃO SÉRIE A2: GUARANI PERDE EM CASA E FICA LONGE DO G8
PAULISTÃO SÉRIE A2: BARBARENSE TROPEÇA E BRAGANTINO ASSUME LIDERANÇA

Portuguesa, um dos clubes mais tradicionais do país, vive uma crise administrativa, e vem decepcionando seus torcedores com seguintes rebaixamentos. Na A2 deste ano, escapou da degola na última rodada. Com um agônico empate sem gols no Canindé contra o rebaixado Atlético Sorocaba, a Lusa terminou na 13° posição com 24 pontos e disputará novamente a competição em 2017.

Guarani, o único clube do Interior a vencer o Campeonato Brasileiro da Série A, vive anos de muitas dificuldades financeiras, e na A2 deste ano lutou até a última rodada pela classificação.

Porém, com a derrota no Brinco de Ouro para o Barretos por 2 x 0, viu o sonho se tornar em pesadelo para sua apaixonada torcida. O Bugre terminou na 9° posição com 27 pontos e disputará novamente a competição em 2017.

Juventus aprontou muito na história do Campeonato Paulista e possui um dos estádios mais conhecidos da capital Paulista situado na Rua Javari, região da Moóca.

Na A2 deste ano, o Juventus não conseguiu fazer seu apelido de “O Moleque Travesso” prevalecer. O time fez uma campanha irregular e chegou a última rodada sem chances de classificação.

Mesmo vencendo o Bragantino por 1 x 0, o Juventus terminou na 11° posição com 27 pontos e disputará novamente a competição em 2017.