Em Liga com Betão e Maluko, Zanchetta Xuxa se destaca na Itália

Massimo Rinaldi

São mais de 45 brasileiros disputando o Calcio A5, que é a principal Liga de Futsal da Itália, com personagens conhecidos do torcedor que acompanha o futsal: Betão, ex-Corinthians e Seleção Brasileira; André Maluko, que fez história em Guarapuava; o Grello, que jogou muitos anos no Banespa, entre tantos outros nomes.

LEIA MAIS:
Falcão elege os cinco melhores atletas da história do futsal; confira

Um brasileiro que está fazendo história na Itália é o Zanchetta Xuxa, que joga no país desde 2006, e é o atual artilheiro da Liga com 22 gols. “Já são 10 anos de Itália, tenho dois acessos para a série A1, Copa Itália, Winter Cup e outras conquistas. No começo sofri com a saudade da Família, mas me adaptei ao país e ao estilo de jogo da Liga Italiana”, lembra Zanchetta.

Considerada uma das três Liga mais difíceis do mundo, atrás de Espanha e Brasil, Xuxa credencia essa competitividade por ter muitos jogadores de qualidade em diversos times. “Trazer um nome de peso não é garantia de título aqui na Itália, pois os times se reforçam em conjunto. Hoje estou na artilharia e atribuo esse sucesso principalmente aos meus companheiros, por que sem eles não estaríamos em terceiro lugar no campeonato, sendo que estamos apenas um ponto do líder”, ressalta Zanchetta, que defende o Real Rieti. O atual líder da Liga é o Asti com 37 pontos, junto em pontos com o Pescara, do pivô Betão.

Com 32 anos e passagens por times do interior de São Paulo, como Santa Fé do Sul e Botucatuense, Zanchetta ainda espera uma boa oportunidade para disputar uma Liga Nacional. “Tenho o sonho e continuo trabalhando forte para jogar uma Liga no Brasil. Acabei saindo jovem do país e nunca consegui jogar, mas tenho certeza que quando surgir a oportunidade estarei preparado”, finaliza Xuxa.