Filho de Fernando Carvalho fez um golaço, e Inter bateu o Glória em 2007

Arquivo/Site Internacional.

Uma pancada seca, do meio da rua, que foi morrer no ângulo direito do goleiro do Glória, assinou a curta passagem de Martin Carvalho (foto) no Internacional. Em 2007, ainda vivendo a boa ressaca das conquistas da Libertadores e do Mundial no ano anterior, o Inter promoveu uma série de experiências no Gauchão. Martin, filho do presidente Fernando Carvalho, enfim recebia uma chance entre os profissionais.

LEIA MAIS:

Palmeiras pode ajudar Inter a solucionar o problema do ataque; entenda

Técnico do Equador opina sobre futuro de Bolaños no Grêmio

No entanto, o time B patinava no estadual e ameaçava concretamente a classificação do time à segunda fase – na sequência, nem mesmo a volta dos “campeões do mundo” foi suficiente para o Inter se classificar. Mas, na partida contra o Glória, no Beira-Rio, o Inter conseguiu a virada com um golaço de Martin e outro belo gol do nigeriano Abu.

Mas o sucesso do pai no meio do futebol não se repetiu para Martin. O golaço diante do Glória foi o seu único momento relevante no Inter. Em sete anos como jogador profissional, além do colorado, também defendeu 15 de Novembro, Vasco e Palmeiras no futebol brasileiro. Depois, atuou no Marítimo, de Portugal. E foi lá que decidiu encerrar a carreira, aos 25 anos.

E, neste domingo, o Inter volta a enfrentar o Glória, que conquistou a única vaga em aberto na Divisão de Acesso no ano passado. Inicialmente, o time de Vacaria abriu a temporada com o técnico Clemer, mas ele acabou sendo demitido poucas rodadas depois do início do estadual. Para o seu lugar, foi contratado Rodrigo Bandeira. O jogo é válido pela última rodada da primeira fase do Gauchão e terá início às 16h.

Relembre o golaço de Martin Carvalho, o primeiro da vitória do Inter por 2×1 sobre o Glória em 2007:

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.