Maicon afirma que quer permanecer no São Paulo e diz: “A altitude não será desculpa”

São Paulo
Crédito de imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo iniciou a preparação para o jogo decisivo desta quinta-feira, contra o The Strongest em La Paz. Nesta terça, o técnico Edgardo Bauza comandou um treino tático e esboçou o time que entrará em campo pela Libertadores. Depois da atividade, o zagueiro Maicon concedeu entrevista coletiva e falou sobre os efeitos da altitude na Bolívia.

LEIA MAIS: SÃO PAULO NEGOCIA COM O PORTO UMA TROCA ENVOLVENDO LUCÃO, POR MAICON E KELVIN

“Perguntei para alguns atletas que já jogaram na altitude. Uns se deram bem, outros não. Vou procurar estar o mais preparado possível, espero que não me atrapalhe, até para não inventarmos desculpa. Quero estar concentrado, focado, a altitude não será desculpa. Vamos entrar com muita vontade para vencer ou conseguir um empate. O São Paulo está preparando bem as coisas para que não sintamos o peso da altitude”, comentou Maicon.

O zagueiro falou a respeito da sua possibilidade de permanecer no clube: “Eu quero continuar, todo mundo sabe do meu desejo. Não será uma das minhas últimas partidas porque ainda tenho mais 12 jogos do Brasileirão. Pretendo cumprir e prolongar o contrato. O São Paulo tem me ajudado, espero que essa novela termine e eu possa continuar”.

Na tarde de ontem, o site “A Bola” noticiou que o São Paulo ofereceu o zagueiro Lucão em troca de Maicon e Kelvin. O clube português ainda não se manifestou sobre o negócio. A delegação viajará para uma cidade a 400 metros do nível do mar. O Tricolor só deve ir para La Paz horas antes da partida, com a intenção de diminuir os efeitos da altitude.