Opinião: O Dallas Cowboys acertou em escolher um running back na primeira rodada do Draft 2016?

Opinião: o Dallas Cowboys acertou em escolher um running back na primeira rodada do Draft 2016?
Foto: Reprodução/Facebook Dallas Cowboys.

Aconteceu na última quinta-feira (28) a primeira rodada do Draft da NFL. Foram escolhidos 31 (o New England Patriots não selecionou nessa primeira rodada devido ao caso das bolas murchas) novos jogadores para as equipes da liga e algumas surpresas apareceram. Uma delas foi o recrutamento de Ezekiel Elliott, runing back de Ohio State, pelo Dallas Cowboys.

LEIA MAIS
Opinião: As coisas para o Jacksonville Jaguars parecem estar funcinando
NFL Draft 2016: Polêmica com Laremy Tunsil faz o jogador perder mais de oito milhões de dólares em salários

O jogo corrido do Dallas Cowboys não foi de encher aos olhos na temporada 2015, mas ainda assim teve um running back que atingiu a marca das 1.000 jardas (Darren McFadden à 1.089 jardas), o que não é ruim. Na offseason, o time contratou o ex-Washington Redskins, Alfred Morris, jogador que chegou à casa das mil jardas em três das quatro temporadas que disputou. O Dallas Cowboys conta com uma excelente linha ofensiva, o que facilitará o trabalho da dupla Morris-McFadden. Esses dois jogadores possuem capacidade de conduzir muito bem o jogo corrido da equipe.

De acordo com alguns analistas, a classe de 2017 pode ser uma das melhores dos últimos anos de running backs. Eric Edholm, em um texto para o Yahoo Sports, apresentou nomes interessantes que devem estar presentes para escolhas no ano que vem, como Leonard Fournette (LSU), Dalvin Cook (Florida State) e Royce Freeman (Oregon).

O American Team (como é conhecida a equipe) poderia ter esperado até a temporada que vem para selecionar um running back? Sim, mas isso não quer dizer que Elliot não terá sucesso jogando na NFL. No college, o jovem teve duas boas temporadas com mais de 1.800 jardas corridas. Mas é aquela história: o campeonato universitário não é tão forte e competitivo como a liga profissional. Tudo vai depender do trabalho do corpo técnico do Cowboys no desenvolvimento do jogador. A verdade é que Jerry Jones viu no produto de Ohio State a oportunidade de voltar com uma forte trinca, semelhante àquela dos anos 90, quando o time tinha Troy Aikman-Emmit Smith-Michael Irving. E se o trio Romo-Bryant-Elliott der certo, a equipe do Cowboys só tem a ganhar.

Devido a necessidade em reforçar a fraca secundária, seria interessante se o Dallas Cowboys tivesse optado pelo Jalen Ramsey, defensive back de Florida State. O jovem estava disponível no momento da escolha da equipe e era considerado pelos analistas como sendo um dos melhores jogadores neste Draft.