Palmeiras e Paulo Nobre selam novo acordo por dívida de R$ 40 mi

Palmeiras
César Greco / Palmeiras / Divulgação

Segundo informações do Blog do Perrone, do UOL, o Palmeiras deve cerca de R$ 40 milhões ao presidente Paulo Nobre por conta de uma antiga dívida condizente à cesta de jogadores criada na gestão Belluzzo.

LEIA MAIS
Mercado da Bola: veja quem pode chegar e sair do Palmeiras
Opinião: o Palmeiras sai muito fortalecido da Libertadores

O clube, por meio do seu Conselho de Orientação e Fiscalização (COF), fez um novo acordo para quitar uma dívida de aproximadamente R$ 40 milhões, com o presidente Paulo Nobre. O valor corresponde à cesta de jogadores criada ainda na gestão Belluzzo, portanto não existe ligação com os recentes empréstimos do mandatário ao clube.

No caso dos empréstimos, já ficou estabelecido que 10% da receita mensal do Verdão será destinada à quitação destes. Já em relação a esta dívida antiga, ainda de acordo com o Blog do Perrone, ficou estabelecido neste novo acordo que o débito deverá ser pago em até dez anos.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação