Para Edílson Capetinha, o Corinthians de 98/99/2000 era superior ao Palmeiras 93/94

Foto: Reprodução/ESPN

Edílson Capetinha fez parte do seleto grupo dos jogadores que obtiveram sucesso atuando pelos rivais Corinthians e Palmeiras. O atacante integrou os dois dos melhores times da história da dupla: o Verdão de 93/94 e o Timão de 98/99/00. Apesar de ter tentado despistar, ele não ficou em cima do muro e durante participação no programa “Resenha ESPN”, do último domingo, respondeu que o time alvinegro era superior ao histórico alviverde do início da era Parmalat.

LEIA MAIS:
Confira a classificação geral do Paulistão após a 14ª rodada 
Neto diz que o Palmeiras mereceu a vitória, mas corneta gol impedido 

“No Palmeiras de 93 e 94 eu estava começando a minha carreira, era um coadjuvante daquele time porque tinha um monte de estrelas que já estavam na minha frente como Evair e Edmundo, que já eram jogadores de seleção brasileira.  Eu estava saindo do Guarani e chegando ao Palmeiras. No Corinthians eu já tinha a responsabilidade de decidir, já era jogador de seleção brasileira. A minha responsabilidade era bem maior. Costumo dizer que o time do Corinthians (98, 99 e 2000) era melhor que o do Palmeiras”, opinou. Na época, o alvinegro contava com os zagueiros Fábio Luciano e Gamarra, os volantes Vampeta e Rincón e os meias Marcelinho Carioca e Ricardinho.

Com a camisa do Palmeiras entre 93 e 94, Capetinha foi bicampeão paulista, campeão brasileiro (93) e campeão do Torneio Rio-São Paulo (93). Pelo Corinthians entre 1997 e 2000 recheou ainda mais o seu currículo com o bicampeonato brasileiro (98 e 99), o título paulista (99) e o Mundial de Clubes (2000).

O baiano de Salvador, hoje com 45 anos de idade, havia pendurado as chuteiras no Bahia em 2010, porém, interrompeu a aposentadoria em janeiro deste ano após assinar contrato com o Taboão da Serra, que disputa a quarta divisão do Campeonato Paulista.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)