Perseguido por lesões, Diaby, ex-Arsenal, faz primeiro jogo como titular em três anos

Diaby fez o seu primeiro jogo como titular em três anos
Crédito da foto: Reprodução/site oficial do Olympique de Marselha

Em sua carreira, Abou Diaby ficou mais conhecido pelo tempo que ficou recuperando de lesões do que pelo futebol jogado. Mas neste domingo (3), o ex-volante do Arsenal fez o seu primeiro jogo como titular em três anos, na derrota do Olympique de Marselha frente ao Bastia.

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA 2016: PSG PREPARA INVESTIDA PARA TIRAR DIEGO COSTA DO CHELSEA

A última partida no onze titular aconteceu no dia 16 de março de 2013, na vitória do Arsenal contra o Swansea por 2 a 0. Diaby havia retornado aos gramados dois meses após um estiramento do músculo da coxa, que o deixou afastado por 17 jogos. Depois dessa partida contra o time do País de Gales, o Arsenal jogou frente ao Reading e o internacional francês rompeu o ligamento do joelho.

Contratado ao Auxerre, Diaby passou quase nove anos no Arsenal antes de se transferir no começo desta temporada para o Olympique de Marselha. Sem condições de jogo, só conseguiu estrear pelo emblema do sul da França no dia 18 de março deste ano, na derrota frente ao Rennes por 5 a 2, quando entrou a 12 minutos do fim do encontro.

Se por um lado o retorno de Diaby aos gramados é uma boa notícia, a fase do Olympique de Marselha não é das melhores. O time comandado por Míchel, antigo jogador do Real Madrid, e que tem Lucas Silva (ex-Cruzeiro) no elenco, está na 13ª posição, muito longe de uma vaga em uma competição europeia e seis pontos acima da zona de rebaixamento.

Com a derrota fora de casa por 2 a 1 frente ao Bastia, o Olympique de Marselha, que terminou a temporada passada na quarta colocação, chegou a cinco jogos sem vencer. A sua última vitória foi por 1 a 0 contra o Granville, equipe da quinta divisão, nas quartas de final da Copa da França.

Crédito da foto: Reprodução/site oficial do Olympique de Marselha