PVC acredita que apostas do Vasco nas categorias de base podem dar certo

Divulgação/Fox Sports

O Vasco da Gama está longe de ser um dos clubes que mais contratam em 2016. Para o início da temporada, por exemplo, o Gigante da Colina trouxe apenas Marcelo Mattos e Yago Pikachu para reforçar o elenco rebaixado no Campeonato Brasileiro do ano passado. Contudo, isso não significa que a equipe não traga novidades.

LEIA MAIS:
VÍDEO: ATACANTE DO INTERNACIONAL PERDE GOL DE FORMA BIZARRA
MEDALHISTA OLÍMPICO CRITICA RACISMO NO JUDÔ BRASILEIRO: “O ESPORTE É PARA TODOS”
EX-LUTADOR DO UFC É PRESO POR TER PLANTAÇÃO DE MACONHA NA INGLATERRA
VÍDEO: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 VIRAM PIADA INTERNACIONAL POR CAUSA DE POLUIÇÃO
VÍDEO: PLACA DE MADEIRA PROVOCA GRAVE LESÃO EM JOGADORA DE BASQUETE
VÍDEO: INCÊNDIO PARALISA JOGO NA INGLATERRA E TORCEDORES INVADEM O CAMPO

Cada vez mais, alguns jogadores das categorias de base vêm ganhando espaços no time titular. Se a dupla de ataque inicial, por exemplo, era formada por Jorge Henrique e Riascos, na partida contra o Volta Redonda coube a Caio Monteiro e Thalles comandarem o setor ofensivo vascaíno, sendo ambos formados na base cruzmaltina.

Esse é um dos pontos que mais agradam a jornalista Paulo Vinicius Coelho acerca do futuro do Vasco da Gama. Para ele, jogadores como Caio Monteiro ainda não estão prontos para ser titulares, mas com o passar do tempo isso poderá acontecer e resolver um problema quase sem solução ante a impossibilidade do time de São Januário em contratar reforços de peso.

“O que eu mais gosto da história é o ataque formado em casa. O Caio Monteiro não é um jogador para agora, mas tem a Série B no meio do caminho. Você pode dar cancha agora para, mais na frente, conseguir o que o mercado não oferece”, disse PVC em participação no programa a Última Palavra, da Fox Sports, apresentado por Renato Maurício Prado.

Além de Thalles e Caio Monteiro, os outros jogadores formados na base do Vasco que vêm recebendo chances são: Jordi, Jomar, Henrique, Bruno Gallo, Matheus Vital e Índio.

Crédito da Foto: Divulgação/Fox Sports