PVC explica qual a função de Alecsandro no esquema de Cuca no Palmeiras

Palmeiras
(Foto: Divulgação Facebook)

O Palmeiras fez diante do Corinthians aquela que, taticamente, foi sem dúvidas a sua melhor partida em 2016. Adotando o esquema 4-4-2 à moda inglesa, o Verdão não só conseguiu anular o maior rival, impedindo que saísse para o ataque tocando a bola, como colocou o goleiro Cássio para trabalhar.

LEIA MAIS:
VÍDEO: ATACANTE DO INTERNACIONAL PERDE GOL DE FORMA BIZARRA
MEDALHISTA OLÍMPICO CRITICA RACISMO NO JUDÔ BRASILEIRO: “O ESPORTE É PARA TODOS”
EX-LUTADOR DO UFC É PRESO POR TER PLANTAÇÃO DE MACONHA NA INGLATERRA
VÍDEO: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 VIRAM PIADA INTERNACIONAL POR CAUSA DE POLUIÇÃO
VÍDEO: PLACA DE MADEIRA PROVOCA GRAVE LESÃO EM JOGADORA DE BASQUETE
VÍDEO: INCÊNDIO PARALISA JOGO NA INGLATERRA E TORCEDORES INVADEM O CAMPO

Um dos grandes destaques nessa proposta de jogo foi o atacante Alecsandro que, atuando mais recuado, fez uma partida interessante em uma nova posição. Acostumado a atuar como último homem de ataque, Alecgol se viu mais distante da área, sem que isso tirasse a sua importância na equipe.

Abrindo espaços para a chegada de Gabriel Jesus e de Zé Roberto, o atacante compreendeu bem as demandas de Cuca, com quem já havia trabalhado no Atlético-MG. Não obstante, ao contrário do que muitos pensam, ele não joga como armador. Segundo o jornalista Paulo Vinícius Coelho, em participação no programa A Última Palavra, da Fox Sports, apresentado por Renato Maurício Prado, Alecsandro no Palmeiras é ponta de lança:

“Ali (atrás de Gabriel Jesus), ele (Alecsandro) não é armador, ele é ponta de lança com a função de se aproximar da área”, analisou PVC.

Crédito da Foto: Divulgação Facebook