Ramiro foi uma das razões para vitória do Grêmio sobre o Toluca

O Grêmio bateu o Toluca pelo placar de 1 a 0 na Arena e conseguiu a segunda colocação no grupo 6 da Libertadores. O tricolor gaúcho aguarda a definição de seu adversário na próxima fase.

Abaixo temos os motivos que explicam o desenrolar do jogo em Porto Alegre.

1-Venceu, mas….

O Grêmio conseguiu fazer 1 a 0 e ficar com os três pontos do jogo desta noite. Porém, na segunda etapa esteve abaixo do que poderia apresentar. Faltou objetividade a ponto de deixar seu treinador, Roger Machado irritado com o desempenho nas quatro linhas.

2-Pés descalibrados

Na noite desta terça, o Tricolor teve 11 finalizações a gols, mas nove delas tiveram outro destino que não o gol de Libório. O Toluca teve cinco chutes a gol, com apenas uma certa.

3-Ramiro

O lateral –recuperado da caxumba – foi o responsável pelo único gol da noite e na parte defensiva não comprometeu. No gol aproveitou um belo passe de Luan.

4-Faltas demais…

A partida toda teve 35 faltas anotadas, sendo que 23 foram feitas pelos gaúchos. O objetivo era deixar o Toluca mais longe possível do gol, mas poderia ter deixado o número de faltas de lado e ter tocado mais a bola.

5-Marcelo Oliveira

Se Ramiro foi o destaque positivo, Marcelo Oliveira acabou sendo o destaque negativo. Pouco apoiou, marcou e jogou.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio.net