Saiba quanto o Santos foi condenado a pagar para a Doyen por conta do empréstimo de Damião

A novela envolvendo o Santos, o fundo de investimentos Doyen Sports e o atacante Leandro Damião está longe de terminar. O Peixe foi condenado a pagar um valor milionário para a Doyen por conta do empréstimo realizado para a contratação do jogador.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Santos está confiante em retorno de Marquinhos Gabriel e já reserva a camisa 7
Barcelona pretende vir ao Brasil para realizar o segundo jogo contra o Santos

Nesta segunda-feira (4) o Globoesporte.com, publicou que a Justiça de São Paulo condenou a equipe santista a pagar o equivalente a R$ 74.215.800 para o fundo de investimentos. O alvinegro terá três dias para pagar o valor, além dos honorários dos advogados, que estão fixados em 10% (cerca de R$ 7,4 milhões).

Caso o Peixe não pague o valor dentro do prazo estipulado o tribunal pode determinar penhora de bens do clube. O Santos pode recorrer da decisão.

Atualmente o atacante Damião defende as cores do Real Betis, da Espanha, o contrato do atleta com a equipe espanhola é válido até o dia 30 de junho deste ano.

O jogador foi revelado pelo Internacional, em 2014 foi negociado com a equipe santista por um valor de cerca de 12 milhões de euros (R$ 38 milhões). Com pouco aproveitamento no alvinegro o camisa 9 deixou o clube no final daquele ano em litígio, e foi emprestado ao Cruzeiro.

 

Foto: Flickr Santos FC



Nagila Luz (22) é jornalista formada pela UNITAU.