São Bernardo é derrotado pelo Palmeiras, em melhor temporada da história do Tigre

Crédito da Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras Divulgação

Jogando pela primeira vez as quartas de final do Campeonato Paulista, o Tigre visitou o Palmeiras nesta segunda-feira (18), e perdeu por 2 x 0. Com várias oportunidades de gols desperdiçadas no início do jogo, o São Bernardo viu o Palmeiras abrir o placar com Alecsandro na primeira etapa e Gabriel Jesus, no segundo tempo.

 

LEIA MAIS:

 

São Bernardo tem vaga garantida na Série D do Campeonato Brasileiro de 2017

 

Quando entrou em campo no Allianz Parque, o Tigre já tinha uma conquista importante para a história do clube, a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2017.

O que os jogadores queriam, além de chegar na semifinal do Paulistão, era alcançar uma vaga no campeonato nacional, também para este ano.

O Palmeiras começou melhor na partida e com boa movimentação, a equipe tentava pressionar o São Bernardo.

Aos poucos o Tigre foi se soltando e após trocas de passes no ataque, Henan saiu na cara do gol e chutou para uma boa defesa de Fernando Prass.

Jogando em casa o Palmeiras viu o adversário crescer na partida e em jogada de Lucas Newiton pela direita, o São Bernardo quase abriu o marcador. Mais uma vez Prass salvou.

Mesmo com as principais oportunidades da primeira etapa, o São Bernardo viu os donos da casa abrirem o placar aos 35 minutos.

Em cobrança de falta pela esquerda, Egídio cruzou para Alecsandro, que de cabeça inaugurou o marcador.

Em nova cobrança de falta o Palmeiras quase chegou ao segundo gol.

Na cobrança de Jean pela direta, Daniel se esticou para fazer a defesa.

A segunda etapa começou com o Palmeiras dominando as ações, o time voltou mais organizado para o jogo.

Cañete e Henan ainda criaram oportunidades para o Tigre, mas o Palmeiras se segurava e a defesa impedia as investidas do São Bernardo no ataque.

Na tentativa de pressionar o adversário, o técnico Sérgio Soares tirou Felipe Mateus para a entrada de Tatá Gonçalves, que deixou o time mais veloz e criou algumas oportunidades de perigo, defendidas por Fernando Prass.

Com o time do São Bernardo mais ofensivo, o Palmeiras encontrava espaços para o contra-ataque e em velocidade pela direita, Dudu achou Roger Guedes, que tocou para Gabriel Jesus sacramentar a vitória do Verdão aos 41 minutos do segundo tempo.

 

Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Arouca (Gabriel), Matheus Sales, Robinho (Dudu) e Allione; Gabriel Jesus e Alecsandro (Roger Guedes). Técnico: Cuca
São Bernardo: Daniel; Eduardo, João Francisco, Luciano Castán e Lucas Newiton; Marino, Cañete e Felipe Mateus (Tatá); Walterson, Alyson (Túlio) e Henan (Jefferson Kanu). Técnico: Sérgio Soares