São Paulo enfrenta o Audax em busca da primeira vitória como visitante

Crédito da foto: Reprodução Facebook Oficial do São Paulo

Único entre os grandes clubes do estado que não conseguiu terminar a primeira fase na liderança do seu grupo, o São Paulo terá que encarar o Audax em Osasco pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O Tricolor terá que quebrar um jejum para conquistar a classificação: o time ainda não venceu fora de casa nesta temporada. Já o Audax, tem a chance de fazer história e chegar pela primeira vez nas semi finais.

LEIA MAIS:
CONFIRA OS RELACIONADOS PARA AUDAX X SÃO PAULO
AUDAX X SÃO PAULO: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO

O São Paulo jogará com força máxima a partida de hoje (17/04) no Estádio José Liberatti, em Osasco, às 18:30 (horário de Brasília). Em relação ao time que derrotou o River Plate no Morumbi na última quarta feira (13/04), a única ausência será João Schmidt,  que sofreu uma entorse no joelho direito. Ainda não foi definido quem será o substituto, e dois jogadores disputam a vaga: Thiago Mendes, que começou a temporada como titular, e Wesley. No banco também haverá mudanças, já que o atacante Rogério sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda durante o treino de sexta feira, e está fora da partida. A novidade é o lateral Matheus Reis, que foi relacionado pela primeira vez nesta temporada para uma partida do Tricolor.

Por sua vez, o time do Audax também terá apenas um desfalque para o jogo de hoje: o goleiro Felipe Alves se lesionou na vitória sobre o Palmeiras na 10º rodada do Campeonato Paulista, e voltou aos treinos esta semana, mas ainda deve permanecer de fora. Portanto, Sidão deve continuar como o goleiro titular. A equipe de Osasco chama atenção pelo estilo de jogo, que é marca do time desde 2013, quando o técnico Fernando Diniz assumiu o comando: toque de bola constante, nada de ligações diretas entre a defesa e o ataque. Independente do adversário, ou do local da partida, o estilo de jogo não muda. Até mesmo os goleiros devem evitar ao máximo o chutão, e priorizar o passe.

Na primeira fase, o Audax terminou na liderança do Grupo C com 24 pontos, dois a mais do que o São Paulo, e por isso, será o mandante do jogo. A equipe de Osasco tem o terceiro melhor ataque da competição, atras apenas de Corinthians e Santos, e caso conquiste uma vitória hoje, garante sua presença na série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Em seu terceiro ano consecutivo na elite paulista, o Audax conseguiu pela primeira vez este ano uma vitória sobre um clube grande do estado: derrotou em casa o Palmeiras por 2 a 1. Se quiser continuar na competição, terá que transformar essa vitória histórica em hábito.

Quanto ao São Paulo, o time ainda não conseguiu vencer fora de casa nesta temporada: em nove jogos como visitante, foram seis empates (todos pelo placar de 1 a 1) e três derrotas. O Tricolor terá que mudar esse retrospecto, afinal, além da partida de hoje contra o Audax em Osasco, irá definir sua classificação para as oitavas de final da Libertadores na próxima quinta feira (21/04) contra o Strongest em La Paz, e caso chegue as semi finais do Paulistão, jogará fora de casa contra Corinthians ou Santos.

Mas nem todo retrospecto é ruim para o São Paulo: o time nunca perdeu para o Audax. Foram dois confrontos entre as duas equipes, em 2014 e 2015, no Estádio do Morumbi, ambas válidas pelo Campeonato Paulista. E o placar nos dois confrontos foram iguais: 4 a 0 para o Tricolor. No ano passado, Michel Bastos fez dois gols contra a equipe de Osasco (os outros dois gols foram de Alexandre Pato). Alguns jogadores do São Paulo que participaram do último confronto entre as duas equipes, ainda faz parte do atual elenco: Bruno, Thiago Mendes, Michel Bastos, Alan Kardec e Centurion.

As prováveis escalações para o jogo de hoje entre Audax e São Paulo:

Audax: Sidão; Francis, Bruno Silva, André Castro e Velicka; Tchê Tchê, Camacho e Juninho; Mike, Ytalo e Bruno Paulo. Técnico: Fernando Diniz.

São Paulo: Denis; Bruno, Maicon (Lugano), Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes (Wesley), Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso e Kelvin; Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.

A partida será o Estádio José Liberatti em Osasco, às 18h30 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal Sportv.