São Paulo pode ter mudanças contra o Trujillanos

Divulgação/Site Oficial São Paulo

Em atividade realizada na tarde desta segunda-feira, 4, no Centro de Treinamento da Barra Funda, o técnico Edgardo “Patón” Bauza testou novas mudanças no time que entrará em campo pelo São Paulo para encarar o Trujillanos, da Venezuela, nesta terça-feira, às 21h45, horário de Brasília, em partida a qual marca o retorno da agremiação ao estádio do Morumbi pela Taça Libertadores da América.

LEIA MAIS:
Após se recuperar de derrame no joelho, Breno trabalha para retornar ao time

O volante Thiago Mendes foi sacado da equipe titular no treino para dar lugar ao jovem João Schmidt, enquanto Daniel, meio campista, foi trocado pelo atacante Kelvin. “Patón” Bauza, no entanto, preferiu não revelar maiores detalhes sobre a escalação e afirmou que só divulgará os onze atletas a começarem jogando, minutos antes do duelo contra os venezuelanos. Michel Bastos, bastante contestado por boa parte da torcida, tudo indica que iniciará atuando.

– Treinamos alternativas de jogo, e estou por definir a melhor formação. João Schmidt e Kelvin disputam com Thiago Mendes e Daniel. – limitou-se a explicar o treinador argentino, bicampeão da Libertadores por LDU e San Lorenzo, em entrevista coletiva após as realizações dos trabalhos na tarde desta segunda.

Com isso, o time que Bauza mandou a campo no coletivo e que muito provavelmente deve encarar o Trujillanos foi formado por: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio, Mena; Hudson, João Schimdt (Thiago Mendes), Paulo Henrique Ganso, Michel Bastos; Kelvin (Daniel) e Jonathan Calleri.

O São Paulo está em terceiro no grupo 1 da competição continental com apenas dois pontos somados em três partidas, tendo empatado diante do Trujillanos, na Venezuela e do River Plate, em Buenos Aires, além de ter sido surpreendido e derrotado pelo The Strongest, da Bolívia, em pleno estádio do Pacaembu. O Tricolor ainda terá pela frente o duelo com a agremiação da Argentina, no Morumbi e os bolivianos na temida altitude de La Paz.