Seção Lei do Ex, semana V: São Paulo se salva de novo; Grêmio sofre

A Lei do Ex nunca falha, mesmo que poucos percebam: se no Rio Grande do Sul todos os gremistas sentiram na hora que a Lei havia agido quando o time levou gol de Hugo (Juventude), poucos são-paulinos perceberam que, se hoje estão classificados, é por que a Lei do Ex funcionou com Hudson na vitória sobre o Oeste.

Leia também: Seção Lei do Ex, semana IV: San-São é decidido pela mística da Lei
Seção Lei do Ex, semana III: 14 anos depois, o Cruzeiro é alvo
Seção Lei do Ex, semana II: Willian José marca no Real Madrid e Ba-Vi tem lei dupla
Seção Lei do Ex, semana I: Flamengo sofre; no Pará, gol contra e a favor

Hudson foi revelado pelo Santos em 2008. Não deu certo na Vila e rodou por times pequenos, como Red Bull, Botafogo-SP, Comercial-SP e… Oeste, em 2013. Sim, o mesmo Oeste derrotado pelo São Paulo no último sábado com gol dele, Hudson.

No Gaúcho, o Juventude chegou a estar vencendo o Grêmio em plena Arena com gol de Hugo – além de uma jogada espetacular do meia que terminou no outro gol do time de Caxias. O empate ainda saiu, mas a Lei do Ex já havia agido: Hugo jogou no Grêmio em 2006 e 2010.

No Pará, teve Lei do Ex em clássico: Eduardo Ramos fez o gol do Remo sobre o Paysandu no Re-Pa. Ele atuou pelo Papão em 2013. O jogo terminou 1 a 1.

Por fim, a Lei do Ex agiu em Sergipe. Na vitória do Confiança por 3 a 0 sobre o Dorense, Danilo Bala fez um dos gols. Ele jogou anteriormente no time da simpática cidade de Dores.



Jornalista esportivo.