Torcedor resiste a doença terminal para ver título do Leicester

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook do Tony Skeffington

Brigando pelo título inédito da Premier League, o Leicester tem um torcedor que resiste a uma doença terminal para ver o feito do clube. Em março, o australiano Tony Skeffington, de 50 anos, foi diagnosticado com câncer de pulmão e no intestino em estado terminal, tendo apenas mais quatro semanas de vida de acordo com as previsões dos médicos. A reportagem é do portal UOL.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: QUE BOM QUE O LEICESTER NÃO VENCEU O WEST HAM HOJE
LEICESTER COLOCA TRÊS JOGADORES COMO FINALISTAS NO ‘MELHORES DO ANO’

Segundo Skeffington, contudo, a vontade de ver o clube do coração erguendo o troféu mais cobiçado da Inglaterra é o que o tem mantido vivo, contrariando as expectativas médicas. A história de Tony será transformada em documentário na Austrália, onde vive e, mesmo há milhares de quilômetros de distância, acompanha os Foxes.

“Estou fora do hospital por uma semana após 35 dias seguidos (internado). Infelizmente, só tenho mais algumas semanas de vida, pois não posso comer ou beber devidamente porque o câncer está comprometendo meu intestino. E ainda preciso usar uma cadeira de rodas para sair de casa. Torço para chegar ao final da temporada”, explicou o australiano, dizendo que até seu médico começou a torcer para o Leicester após observar sua paixão pelo clube.

Mesmo com a circunstância adversa, Tony se orgulha de virar tema de documentário por conta de seu amor pelo time de Vardy e companhia. Donna Skeffington, esposa do torcedor dos Foxes, também gostaria de vê-lo resistir ao menos até o final da temporada.

“Ele tem algumas noites realmente ruins e está perdendo o funcionamento do seu pulmão, mas ainda tem esperança de que aguentará até o final da temporada para ver o Leicester campeão. Pessoas começaram a torcer pelo clube por conta do que ele significa para Tony”, relevou Donna.



Jornalista formado pelo Mackenzie (SP), pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias e pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Mídias Sociais pela Anhembi Morumbi (SP). Apaixonado por esportes desde 1994.