Torcida do Borussia está furiosa com Hummels

Reprodução\ Twitter

Apesar do seu desejo de defender o Bayern tenha se tornado público, Hummels continua sendo o capitão do Borussia.

O Borussia Dortmund recebe nesse momento o Wolfsburg no seu estádio, o Westfalenstadion, pelo Campeonato Alemão. E o clima que o capitão da equipe, Mats Hummels, foi recebido não foi dos melhores. O zagueiro manifestou a diretoria do clube que deseja defender o Bayern de Munique na próxima temporada. Claro que a declaração do camisa 15 não soou nada bem entre a torcida, que protestou antes da bola rolar. Vaias, mesmo que só de parte das arquibancadas, foram ouvidas e faixas de protesto contra o jogador foram trazidas.

https://pbs.twimg.com/media/ChS3ob3W0AAsVP7.jpg
“O capitão está abandonando o barco. Quanto mais cedo, melhor”

O protesto deste torcedor é semelhante ao que boa parte da torcida fez quando Mario Götze deixou o clube. Tido como um ”Judas”, ao trocar o Dortmund por Munique, muitos reprovam o possível negócio que traria de volta o atleta ao clube que o revelou.

O que piora ainda mais a situação de Hummels com a torcida, foram as declarações dadas após a saída de Götze do Borussia:

“É difícil perder um jogador que foi praticamente criado no BVB e ainda assim prefere outro clube da Alemanha.”

“Eu prefiro ganhar um título sendo importante para a equipe do que ganhar quatro sendo coadjuvante.”

“Eles querem enfraquecer todos os adversários. É tudo calculado.” (Sobre as especulações de Reus no Bayern)

E o que está ruim pode ficar pior: Como fez o atacante Robert  Lewandowski, Hummels pode deixar tudo acertado com o Bayern, esperar seu contrato acabar, e sair de graça.

Cânticos como “Jogadores vem e vão, o que fica é o Borussia”, foram embalados pelos torcedores durante o jogo, mas isso parece que não afetou Hummels, que participou ativamente da jogada do gol de Adrian Ramos.

 



19 anos, estudante de Jornalismo, zagueiro nas horas vagas, nordestino com orgulho e um completo apaixonado por futebol.