Veja 5 jogadores do Vasco da Gama que podem substituir Riascos

Remo x Vasco
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco da Gama deverá perder seu principal artilheiro na temporada no próximo mês. Com contrato junto ao Gigante da Colina até o dia 15 de maio, o colombiano não foi procurado pela diretoria do clube sobre a sua permanência e, por isso, deve retornar ao Cruzeiro, equipe com a qual tem vinculo até janeiro de 2018.

LEIA MAIS:
VÍDEO: GOLEIRO DO REAL MADRID IMITA DEFESA ESCORPIÃO DE HIGUITA
VÍDEO: ATACANTE DO INTERNACIONAL PERDE GOL DE FORMA BIZARRA
VÍDEO: SELEÇÃO ALEMÃ DE FUTEBOL FEMININO SUB-20 POSA PARA A PLAYBOY
MEDALHISTA OLÍMPICO CRITICA RACISMO NO JUDÔ BRASILEIRO: “O ESPORTE É PARA TODOS”
VEJA COMO COMPRAR SEUS INGRESSOS PARA O UFC 198

“Falei com o Cruzeiro para saber da janela do meio do ano, e o clube quer vender ou renegociá-lo com empréstimo pago. O jogador tem uma ideia muito clara, agradece ao Vasco por tudo, mas renovaram com muitos jogadores e, mesmo com toda amizade e respeito que temos, não foi feita nenhuma proposta. O Vasco foi muito bom para Duvier, deu oportunidade, é uma grande vitrine, mas tem que se posicionar. Somos maduros e inteligentes para tomar a decisão correta” – disse recentemente o empresário italiano Mauro Bousquet ao Globoesporte.com – “Está todo mundo renovando. Ele é o artilheiro e não falam dele. Poder ser que não tenham o mesmo interesse que têm por outro jogador. Quando acabar o contrato, ele volta para o Cruzeiro, que também é um grande clube. Pode ser que apostem nele. Quando o filho é feio, ninguém quer. Agora, o filho é lindo e não faltam clubes querendo conversar. Antes, vamos esperar o que o Vasco quer para ele”.

A realidade financeira do Vasco, atualmente, inviabiliza a permanência de Riascos, cujo empréstimo tem a maior parte do salário bancada pelo Cruzeiro. Além de uma alta remuneração, a Raposa também exige um elevada soma para negociar o jogador e, por isso, seu destino deve ser mesmo longe de São Januário.

Sem o colombiano, o Vasco continuará apostando nas categorias de base ao dar chances para Thalles e Caio Monteiro. Contudo, há um desejo na Colina Histórica de que o comando de ataque também conte com jogadores mais experientes, assim, Jorge Henrique e Éder Luis podem ser usados mais centralizados, bem como deverá ser Leandrão, assim que retornar de empréstimo junto ao Boavista.

Crédito da Foto: Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br