West Ham bate West Bromwich e segue vivo na luta por uma vaga na Europa

Mark Noble foi essencial para a vitória do West Ham
Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Premier League

O West Ham venceu fora de casa neste sábado (30) o West Bromwich Albion por 3 a 0 e segue na luta por uma vaga nas competições europeias.


LEIA MAIS:
A UM PASSO DO TÍTULO, LEICESTER ENCARA MANCHESTER UNITED EM OLD TRAFFORD
ARSENAL E NORWICH CITY SERÁ MARCADO POR PROTESTOS CONTRA ARSÈNE WENGER

O West Ham, então sexto colocado da Premier League, dependia de uma vitória para chegar à quinta posição, que dá acesso direto à Liga Europa. Já o West Bromwich Albion, livre do rebaixamento com 41 pontos, cumpria tabela, mas havia causado o deslize do Tottenham na perseguição ao Leicester na segunda-feira (25), empatando fora de casa a um gol.

O jogo
O West Bromwich Albion começou fazendo pressão alta e chegou perto do gol inaugural em duas ocasiões. Logo aos oito minutos, o atacante de 17 anos Jonathan Leko fez boa jogada na direita e tocou para o meio da área. O meia Craig Gardner chutou duas vezes, mas viu o goleiro Adrián defender os seus arremates. Três minutos depois, Adrián esteve em evidência novamente devido a Gardner. Mark Noble, capitão dos Hammers, roubou a bola perto de sua grande área, mas a bola sobrou para o jogador do time da casa, que obrigou o goleiro do West Ham a fazer boa defesa.

O West Ham começou a encontrar o seu jogo, com Dimitri Payet e Manuel Lanzini (ex-Fluminense) trocando constantemente de lado nos flancos do ataque. A tática do treinador Slaven Bilic deu certo e o West Ham chegou à vantagem aos 34 minutos. Payet recebeu a bola na direita e cruzou para o volante senegalês Cheikhou Kouyaté, que cabeceou sozinho no canto esquerdo de Ben Foster.

O time londrino seguiu no comando da partida e fez o segundo gol aos 47 minutos. Kouyaté avançou pelo lado esquerdo do campo e cruzou rasteiro para Mark Noble, que apareceu no meio da área para estufar as redes do West Bromwich Albion.

No retorno dos vestiários, o atacante inglês Andy Carroll fez boa jogada, mas ninguém apareceu para finalizar dentro da área. O centroavante venezuelano Salomón Rondón e Jonathan Leko eram as principais armas do West Bromwich para tentar mudar o cenário da partida e criaram perigo à zaga do West Ham nos dez minutos iniciais da segunda etapa. O técnico Tony Pulis colocou o brasileiro Sandro (ex-Internacional e Tottenham) e o atacante Saido Berahino em campo aos 12 minutos e os dois quase tiveram impacto imediato. Berahino apareceu na área, mas não teve o apoio para dar prosseguimento à boa jogada. Já Sandro esteve perto de deixar o dele sete minutos depois de sua entrada com um chute cruzado que passou ao lado da trave direita de Adrián.

Todavia, contra a maré do jogo, o West Ham chegou ao terceiro gol, novamente por Noble. A 11 minutos do apito final, Payet encontrou Andy Carroll no lado esquerdo da área e o inglês cruzou para o compatriota fazer o seu segundo tento e decretar o resultado final.

Com a vitória de hoje, o West Ham soma agora 59 pontos e ocupa a quinta posição de forma provisória. Isto porque depende que o Manchester United perca do Leicester neste domingo (1) para se manter no lugar de classificação direta para a Liga Europa da próxima temporada. Além disso, ainda tem hipóteses matemáticas de chegar ao quarto lugar, que dá acesso à Champions League. Já o West Bromwich permanece com 41 pontos, mas pode ir da 13ª à 14ª colocação caso o Swansea vença o Liverpool.

Confira abaixo os melhores momentos da partida:

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Premier League