11 jogadores “alternativos” que já conquistaram a Champions League

Getty Images/ Arte Torcedores.com

Real Madrid e Atlético de Madrid decidem neste sábado (28), a grande final da Uefa Champions League, em Milão, e o Torcedores.com preparou um conteúdo super especial sobre a competição, os finalistas e tudo que envolve o clássico madrilenho.

VEJA TAMBÉM:
Quiz: você lembra a escalação do Real Madrid na final da Champions em 2014?

Quiz: você lembra a escalação do Atlético de Madrid na final da Champions em 2014?

Neste “capítulo” nós vamos falar sobre os 11 jogadores “alternativos” que tiveram o prazer (e muita sorte) de participarem de campanhas vitoriosas na competição. Confira nossa seleção:

Douglas:

Getty Images
Getty Images

Provavelmente um caso bem curioso, já que nem mesmo a imprensa espanhola e a torcida do Barcelona conseguem explicar sua contratação. Douglas desembarcou no Camp Nou em 2014, e participou da campanha que deu ao time culé cinco títulos em uma temporada, entre eles o da Champions League.

Dante:

Getty Images
Getty Images

Figurinha carimbada no vexame da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014, o zagueiro conquistou a Champions League no time titular do Bayern de Munique, em 2013. O jogador perdeu espaço no time comandado por Guardiola, sendo substituído por um lateral improvisado, e acabou se transferindo para o Wolfsburg.

Anderson:

Getty Images
Getty Images

O volante que fez fama pelo gol marcado na “Batalha dos Aflitos”, Anderson – que atualmente defende o Internacional -, foi campeão da Champions vestido a camisa do Manchester United, em 2008, em um time que tinha Cristiano Ronaldo como principal estrela.

Rodrigo Possebon:

Divulgação/Manchester United
Divulgação/Manchester United

O jogador criado nas categorias de base do Internacional mas que foi para o Manchester United antes mesmo de estrear nos gramados brasileiro, também fazia parte do elenco campeão da Champions em 2008, junto com o Anderson. Chegou a atuar com Neymar e Ganso no Santos, entre 2010 e 2011, e após passagens por Mirassol, Criciúma e Náutico, atualmente defende o URT.

Belletti:

Getty Images
Getty Images

Belletti nunca foi um craque, mas teve o privilégio de defender o Barcelona entre 2004 e 2007, atuando ao lado de Ronaldinho e Eto’o. Ele não só conquistou a principal competição europeia, como foi o autor do gol do título em 2006. Inacreditável, né?!

Carlos Alberto:

Getty Images
Getty Images

Após se destacar no Fluminense, Carlos Alberto foi negociado com o Porto, que tinha José Mourinho como técnico. O jogador durou apenas uma temporada no clube, mas fois justamente a temporada que o Porto se consagrou campeão da Champions, com um elenco que tinha Derlei, Hélder Postiga Diego Ribas.

Casemiro:

Getty Images
Getty Images

O volante que saiu pelas portas dos fundo do São Paulo, em 2013, e surpreendeu ao ir parar no time B do Real Madrid, estava no elenco que conquistou a competição em 2014, com Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo. E sabe aquela história de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar? Com o “CaseMITO” pode ser diferente, já que ele pode ser campeão neste sábado de novo – agora como titular absoluto.

David Luiz:

Getty Images
Getty Images

Maior símbolo do “eterno 7×1” que o Brasil sofreu para a Alemanha na Copa do Mundo, o zagueiro que ficou marcado até hoje e ainda perdeu espaço nas convocações de Dunga após várias falhas seguidas, conquistou a Champions em 2012, vestindo a camisa do Chelsea.

Bojan:

Getty Images
Getty Images

Ele já chegou a ser considerado o “novo Messi” do Barcelona, jogou ao lado do próprio argentino no time catalão, mas ficou apenas nas promessas. Apesar de não ter vingado como esperado no futebol, Bojan conquistou a Champions League DUAS vezes (2009 e 2011).

Gudjohnsen

Getty Images
Getty Images

O islandês é quase que uma lenda do futebol. Não que tenha sido um jogador de muito sucesso, mas principalmente por seu desempenho nos games dos anos 2000. Em campo, apesar da história que construiu no Chelsea, foi no Barcelona que ele conquistou seu maior feito na carreira: a Champions League em 2009.