Após derrota no Mexicano, técnico do Toluca pede demissão

Reprodução/Twitter Oficial do Toluca

O Toluca ficará sem treinador após a partida de volta das oitavas de final da Taça Libertadores da América. O paraguaio José Saturnino Cardozo anunciou neste domingo (1/5) sua demissão do cargo após a derrota da equipe para o Cruz Azul, por 2 a 0, em partida do Campeonato Mexicano.

LEIA MAIS

BAUZA FALA SOBRE BUFFARINI E ORTIGOZA E DETALHA BUSCA POR REFORÇOS NO SÃO PAULO

LUGANO REVELA FRASE DE TORCEDORES DO FENERBAHÇE QUE SÃO-PAULINOS NÃO VÃO GOSTAR

VÍDEO: EM TREINO DO SÃO PAULO, CLIMA ESQUENTA ENTRE WESLEY E LYANCO

A derrota para o Cruz Azul veio três dias após a goleada sofrida para o São Paulo, por 4 a 0, na partida de ida das oitavas da Libertadores, no Morumbi. Após o jogo, Cardozo justificou sua decisão de se demitir do Toluca.

“O Toluca é um grande clube e a exigência aqui é alta. A torcida merece mais e o primeiro que se vai é o técnico”, disse o paraguaio, segundo o Uol Esporte.

Cardozo também afirmou que só deixará o Toluca após o jogo de volta da Libertadores e reiterou que não deve voltar atrás em sua decisão.

“Na quarta, não tenho dúvidas de que vamos dar tudo e ganhar, e depois irei embora. Com todo o respeito aos torcedores que vem ao estádio, a minha decisão está tomada”, declarou.

A derrota fez com que o Toluca ficasse com chances remotas de classificação para a segunda fase do Clausura 2016 do Campeonato Mexicano, com 19 pontos ganhos, em 11º lugar. O Cruz Azul foi a oitavo, com 22 e mais perto da vaga.

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter Oficial do Toluca)