Confira a análise do elenco do Sport para o Campeonato Brasileiro 2016

Após ser destaque no Campeonato Brasileiro de 2015, quando quase conseguiu se classificar para Libertadores da América, ficando apenas dois pontos atrás do 4° colocado, São Paulo, que se classificou. O Sport entra nesta edição almejando coisas melhores e sabe que para isso precisara repetir as boas atuações da temporada passada.

LEIA MAIS: OPINIÃO: SPORT VAI BEM NO MERCADO, MAS DECEPCIONA EM CAMPO NO PRIMEIRO SEMESTRE

MERCADO DA BOLA: SEM DANILO FERNANDES, SPORT MIRA CONTRATAÇÃO DE GOLEIRO AGENOR

Apesar de um primeiro semestre fraco, e cheio de decepções com as eliminações nas semifinais da Copa do Nordeste e a final do Campeonato Pernambucano, para o rival Santa Cruz, o Sport tenta voltar a ter uma alta confiança, para a estreia, deste sábado contra o Flamengo, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda no Rio de Janeiro. E para isto, o Leão da Ilha tem que se inspirar no ano passado e focar no G-4 do Brasileirão.

No ano passado, o Leão também vinha de fracassos nas competições regional e estadual. O que não atrapalhou a equipe, que chegou a fazer sua melhor campanha na era dos pontos corridos, chegando na 6° colocação.

Os problemas do clube, fica por conta das grandes viagens pelo Brasil, que desgasta qualquer equipe, mas que o Sport na temporada passada foi o que mais sofreu, pois era o único do Nordeste, no campeonato, fazendo com que percorresse caminhos mais longos durante todo ano. Mas apesar de sua localização ficar longe dos outros da elite do futebol brasileiro, o Sport faz de sua casa um alçapão e é de lá que ele consegue suas principais conquistas.

Seu elenco ao contrário do ano passado, sofreu diversas mudanças e praticamente todas as peças ofensivas do elenco se foram. Diante de tal problema, o Sport foi ao mercado, e sem muitas opções e falta de dinheiro, resolveu investir em estrangeiros, contratando os colombianos Lenis (meia-atacante) e Henríquez (zagueiro); o meia Mark González (chileno) e o costarriquenho Rodney Wallace (atacante).

Além deles, o Leão trouxe os desconhecidos Johnathan Goiano, que estava na segunda divisão do futebol sul-coreano e o lateral-direito Maicon por empréstimo junto ao Livorno da Itália.

Apesar das 15 contratações feitas pela diretoria do Sport, o técnico Oswaldo de Oliveira, já indicou que precisa requalificar sua equipe, e nomes já foram passados a diretoria do clube. Os jogadores que aqui estão, nenhum foi chamado por ele, e muitos deles, são desconhecidos pelo novo treinador.

Time Base: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Gabriel Xavier, Mark González, Reinaldo Lenis e Diego Souza; Vinícius Araújo.

Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Destaque:

1447972418-22733339187_2ac55d1bb8_z1

Diego Souza é a grande referência técnica da equipe do Leão da Ilha para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro 2016. O camisa 87 chega para sua 3° temporada a frente do Sport, será o principal responsável pelas ações de ataque do Sport. Tem como características sua boa dinâmica de jogo, construção de jogadas e faro de gol, tudo isso somadas a experiência deste jogador de 30 anos.

Fique de Olho:

CYeNMmmWcAEen5V

Henríquez, zagueiro colombiano contratado no início do ano, para compor elenco e fazer sombra para Durval e Matheus Ferraz, chegou para o futebol brasileiro para usar como vitrine e chegar a sonhada seleção de seu país. Aproveitou o mau momento de seu companheiro Matheus Ferraz e assumiu a titularidade da equipe. Com 17 partidas como titular no primeiro semestre, mostrou firmeza na defesa do Sport e apesar das boas partidas, disse que seu principal foco é o Campeonato Nacional, que para ele, lhe dará a chance de ser lembrado pela Seleção Colombiana.

Magrão:

12195_20120322215704_magrao_camisa_especial

Após mais de um ano no banco do Sport, Magrão se viu num lugar que desde 2007 não sabia o que era. Depois de uma lesão que o tirou por 3 meses no início do Brasileirão 2015, o goleiro de 39 anos, perdeu a vaga para o promissor Danilo Fernandes que rendeu bem em seu lugar e segurou a posição de titular até ser negociado com Internacional de Porto Alegre. Agora o ídolo do Sport volta a meta do Leão diante da mesma equipe que viu sua lesão no ano passado, o Flamengo.

Foto: Divulgação/ Sport Club do Recife.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.