Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Jorginho, após a vitória do Vasco no primeiro jogo da final do Carioca

Foto: netvasco.com.br

Nesse domingo, dia 1°, o Vasco deu um importante passo rumo ao bicampeonato do Campeonato Carioca. O time venceu o Botafogo por 1 a 0. Esse pode ser o primeiro título de Jorginho como treinador aqui no Brasil. Após a vitória o técnico participou da entrevista coletiva e abordou alguns pontos sobre a partida.

Jorginho foi perguntado sobre a sua permanência no clube, após receber sondagens durante a semana do Cruzeiro. O treinador garantiu a permanência e disse que o seu desejo é dar continuidade no trabalho que ele construiu desde o ano passado. Ele enfatizou que no Vasco ele se senti bem e essa é uma das razões em continuar no clube. ¨Eu sonho, eu desejo e eu vou ter uma carreira longa aqui no Vasco ¨, completa o treinador.

Abordado sobre o a partida desse domingo, o treinador disse ¨ Nós fizemos algumas situações que não são comuns à nossa equipe. O que mais precisávamos era que os jogadores criassem a linha de passe, não se escondessem atrás do nosso adversário. Em alguns momentos, fizemos ligações diretas. Eles têm uma zaga muito alta. Minha preocupação maior é o Ribamar. Sofremos um pouquinho. Mas se mantivéssemos a posse de bola, o Botafogo não conseguiria tomar da gente¨, concluiu.

Sobre a relação entre a experiência do Vasco contra a juventude do Botafogo, o treinador disse ¨Não tenha dúvidas que a equipe deles pela juventude é muito veloz. Jogadores de extrema velocidade, isso pode ser um trunfo para eles. Não perdemos na condição física. Apesar de termos jogadores experientes, estão bem fisicamente. Jorge Henrique saiu porque tomou uma pancada. Minha equipe, apesar de ser uma equipe com uma faixa etária mais alta, se iguala muito bem na questão da parte física. A experiência conta, muitos jogadores já viveram esse momento. Isso vai ser importante para nós. ¨

Eles tiveram mais volume de jogo, não que tiveram tantas oportunidades assim. No primeiro tempo, foi fundamental a experiência de alguns jogadores. O Martín é excepcional. O jeito que ele sai e protege. Fez uma defesa importante. Às vezes não estamos tão bem, mas conseguimos compensar com garra, com luta. 

Jorginho elogia o Botafogo e diz que vai controlar a euforia mesmo com a vantagem da primeira partida. ¨Nenhuma euforia. Não vai acontecer isso. Sabemos do perigo que nós temos. Contra quem jogaremos, uma equipe extremamente determinada, muito bem treinada pelo Ricardo Gomes.¨

O técnico se diz satisfeito com a vitória, citando que é uma pequena vantagem, porém valiosa. Ele ainda diz que o time poderia ter ampliado o placar, mas destaca a vantagem do empate para segunda partida.

O Vasco entra em campo no próximo domingo, dia 8 e basta um empate para conquistar o Campeonato Carioca e ainda possível de forma invicta, o que não ocorre desde 1992.



Cronista esportivo do site Momento da Bola, apaixonado por esportes e amante do futebol. Colaborador do Torcedores.com. Um bom observador que visa criar boas análises.