Corte Arbitral pede que Fifa autorize filiação de Gibraltar

Reprodução/Facebook

Gibraltar pode ficar mais próximo de se tornar um país-membro da Federação Internacional de Futebol (Fifa). O território, pertencente ao Reino Unido, conseguiu ganho de causa na Corte Arbitral do Esporte (CAS), que pediu que a máxima entidade do futebol tomasse ‘os passos necessários’ para que a federação local se torne filiada à Fifa.

LEIA MAIS

CHELSEA X TOTTENHAM: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO

HÁ 7 ANOS, BARCELONA GOLEAVA REAL MADRID POR 6 A 2 NO SANTIAGO BERNABÉU; VEJA COMO FOI

MERCADO DA BOLA 2016: 25 JOGADORES QUE ESTÃO NA EUROPA E PODERIAM ATUAR NO BRASILEIRÃO

A decisão do CAS ainda não deve confirmar o território como membro da Fifa, segundo a ESPN Brasilmas abrirá espaço para que Gibraltar possa ter a chance de ter sua filiação discutida pela organização, o que não aconteceu quando o pedido original de entrada na Fifa foi feito, em 2014, quando a entidade o recusou por ‘não atender às exigências’.

O motivo pelo qual a Fifa não teria autorizado a entrada de Gibraltar com membro da entidade era a de que o território não era país independente. No entanto, a organização tem como membros algumas federações que não são países independentes, casos de territórios britânicos no Caribe e Oceania e de Porto Rico, que pertence aos Estados Unidos.

A vitória de Gibraltar no CAS vem três anos após o território ter obtido resultado semelhante em uma ação para forçar a Uefa a colocar o país como membro da entidade em 2013, na qual a organização que rege o futebol europeu alegou a recusa da entrada do território britânico por razões iguais às da Fifa.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook)