Fotos, Resultados e Melhores da Noite do JVT Championship 10

No último sábado (14), em Caxias do Sul, aconteceu a décima edição do melhor evento do estado gaúcho, o JVT Championship, realizado pelo promotor Jorge Velho e com o apoio do Secretário de Esportes e Lazer, Washington Stecanela “Coração Valente”, ex-jogador de futebol.

Washington Coração Valente
Secretário de Esportes e Lazer de Caxias do Sul, Washington Stecanela “Coração Valente” abriu o evento com o “soco” inicial (Foto: Renan Assunção / Nocaute na Rede)

Mesmo com a baixa temperatura na Serra Gaúcha, o público compareceu em peso para prestigiar os nove combates entre as regras do Muay Thai, K-1 e MMA Profissional.

DEFESA DE CINTURÃO

No co-main event da noite, o lutador da Jorge Velho Team/WU Sports, Leandro Barbosa, desafiava o atual campeão Peso Pena do evento, Claudir Dutkevis, representante da equipe Training.

Leandro conquistou a credencial para a disputa após dois triunfos em edições anteriores, sobre Gabriel Velho (decisão dividida) e Marcos Andrey (nocaute técnico).

Na disputa entre os caxienses, o duelo começou com muita movimentação e “estudo” entre os atletas, além de muita torcida para ambos atletas. O segundo round por sua vez se deixou levar por muita trocação, onde o campeão Claudir abusou mais de sua agilidade e na versatilidade dos golpes. O round final teve o mesmo rumo do segundo, porém com o apoio da torcida o atleta Leandro Barbosa conseguiu impor mais seu jogo e conectar mais golpes, comparado ao segundo. Já Claudir continuou impassível e aplicando seu jogo, com muitas sequências de socos e chutes.

Claudir Dutkevis vs Leandro Barbosa
Claudir Dutkevis venceu Leandro Barbosa e continuou com o cinturão dos pesos pena (Foto: Renan Assunção / Nocaute na Rede)

No final, o árbitro central, Nelson Velasquez, ergueu o braço do ainda campeão, Claudir Dutkevis, pela decisão dividida dos árbitros laterais.

No cartel profissional, Claudir acumulou a décima sexta vitória, a qual tem apenas 5 reveses, e Leandro Barbosa amargou sua primeira derrota.

DISPUTA PELO CINTURÃO PESO MEIO-MÉDIO

Na luta principal do evento, o Porto-Alegrense e representante da Sombra Team, Dimitry Zebroski, mediu suas forças contra o atleta da casa, Silas Robson.

Nos primeiros minutos do primeiro round, o duelo se travou pelo “estudo” entre os atletas, mas após isso foi trocação pura. O atleta da Training, Silas Robson, jogava mais no contra-ataque, porém sempre efetivo, onde conectou alguns golpes importantes. Dimitry já andava sempre para a frente, trabalhando mais a sequência de socos e chutes e tentando algumas quedas, sem sucesso. No segundo round, mesmo jogo e trocação, porém durante o combate o atleta de Porto Alegre conseguiu um knockdown, pelo menos da visão do público, pois segundo o árbitro, Nelson Velasquez, após a partida, relatou que perguntou – durante o possível “knockdown” – para o atleta Silas Robson se estava tudo bem e o mesmo falou que sim, e não era para interromper o combate. No round final, o duelo continou com muita trocação, e como os atletas estavam mais cansados, permitiram algumas quedas, mas o show e a principal pontuação foram traçadas no combate em pé.

Dimitry Zebroski vs Silas Robson
Dimitry Zebroski venceu Silas Robson e se tornou o primeiro campeão peso meio-médio do evento (Foto: Renan Assunção / Nocaute na Rede)

Na decisão final, Dimitry Zebroski teve seu braço erguido e o cinturão dos meio-médios colocado em sua cintura após a decisão unânime dos árbitros laterais. Resultado que gerou muita discórdia de seu oponente, treinadores e sua torcida, o qual certamente receberá uma revanche.

MELHORES DA NOITE por Nocaute na Rede

Nocaute da Noite: Leandro Xavier sobre Geison Alves
Finalização da Noite: Fernando Colman sobre Cleiton Cordeiro
Luta da Noite: Dimitry Zebroski vs Silas Robson

Confira os resultados completos do evento:

MMA Profissional

até 77kg: Dimitry Zebroski (Sombra Team) venceu Silas Robson (Training/Giovanni Reis) por decisão unânime;

até 66kg: Claudir Dutkevis (Training) venceu Leandro Barbosa (Jorge Velho Team/WU Sports) por decisão dividida;

até 77kg: Daniel Reis (Boxer MMA) venceu Antonio Marcos Colaço (Inter Estilos) com 1:10 do 1º Round por finalização (armlock);

até 66kg: Fernando Colman (Training) venceu Cleiton Cordeiro (War Velasquez Team) com 1:55 do 1º Round por finalização (mata-leão);

até 120kg: Leandro Xavier (Spartacus) venceu Geison Alves (Sombra Team) com 1:03 do 1º Round por nocaute técnico;

até 73kg: Igor Mieres (Garra Team Caldeira) venceu Rodrigo Vesentin (Prado Fight Team) com 1:04 do 2º Round por nocaute técnico;

K-1

até 77kg: Wellington Uega (Jorge Velho Team/WU Sports) venceu Rogério Menna (Muay Thai Combat) por decisão médica;

até 63,5kg: Douglas Franco Ribeiro (Fúria Fight) venceu Marciano da Silva (Alceni Team) por decisão unânime;

Muay Thai Profissional

Mauricio Telles (Scorpion MuayThai) venceu Douglas Menna (Muay Thai Combat) com 47seg do 2º Round por interrupção médica;

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek