Furacão será novamente ‘divisor de águas’ no Palmeiras; entenda

Atletico-PR x Palmeiras
César Greco / Palmeiras / Divulgação

O Atlético-PR aparece mais uma vez no caminho do Palmeiras em um momento que pode ser o “divisor de águas” no clube. Tal qual 2015, Verdão e Furacão se enfrentarão, no Allianz Parque, após série invicta alviverde.

LEIA MAIS
Egídio comenta sobre possibilidade de deixar o Palmeiras
Egídio destaca 4 pontos fundamentais para o Palmeiras conquistar o Brasileirão
Mercado da bola: acompanhe as novidades nas negociações do Palmeiras
Troca no Palmeiras pode ter sido por indisciplina

Para alguns, coincidência. Para outros, obra do destino. Mas a verdade é que Palmeiras e Atlético-PR vão se enfrentar novamente em um momento considerado fundamental nas pretensões alviverdes: o início do Brasileirão e a série invicta que dá confiança à equipe.

E é justamente nesse jejum de derrotas que coincidência e destino brigam pela atenção dos torcedores. Em 2015, sob o comando de Marcelo Oliveira, o Verdão encaixou sete jogos seguidos sem perder, todos eles pelo Brasileirão.

Foram seis triunfos a partir da 9ª rodada contra São Paulo, Chapecoense, Ponte Preta, Avaí, Santos e Vasco, além de um empate contra o Sport. O revés veio na 16ª rodada contra o Atlético-PR, no Allianz Parque. Deste jogo em diante, o Verdão passou a oscilar na competição nacional e praticamente se dedicou de forma exclusiva à Copa do Brasil.

E o Furacão aparece novamente no caminho do Verdão após sete jogos de invencibilidade. Nas mãos de Cuca, o alviverde acumula cinco vitórias (Rio Claro, Corinthians, Mogi Mirim, River Plate-URU e São Bernardo) e dois empates (Rosario Central e Santos). Para conseguir ficar mais um jogo invicto será necessário superar o Furacão na primeira rodada do Brasileirão, novamente no Allianz Parque.

Coincidência? Destino? Não tem como saber exatamente. Cada um acredita e interpreta como quiser. O fato é que situações curiosas como essas ajudam a deixar o futebol ainda mais apaixonante, acrescentando um ingrediente a mais para Palmeiras e Atlético-PR na abertura do Brasileirão 2016.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação